Amor em Fuga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde agosto de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Amor em Fuga
L'amour en fuite
Amor em Fuga (PT/BR)
 França
1979 • cor • 94 min 
Direção François Truffaut
Roteiro François Truffaut
Marcel Moussy
Elenco Jean-Pierre Léaud
Claude Jade
Marie-France Pisier
Género drama
Idioma Francês
Página no IMDb (em inglês)

L'amour en fuite (no Brasil e Portugal, Amor em Fuga) é um filme francês de 1979, um drama dirigido por François Truffaut.

É o último filme com o personagem Antoine Doinel. É um filme feito para os apreciadores dos filmes anteriores da saga. Ele homenageia de maneira carinhosa os outros filmes, trazendo seqüências de todos eles em flashback com Antoine e Christine.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Após oito anos de vida em comum, Antoine e Christine Doinel decidem divorciar-se. Aos trinta e cinco anos, Antoine Doinel continua o mesmo adolescente de sempre. Ele se encontra com Christine, sua mulher, para assinarem os papeis do divórcio. A imprensa procura entrevistar o casal nas escadarias da Corte. No meio da multidão que se forma na ocasião, encontra-se Colette, o primeiro amor de Antoine, hoje uma advogada de renome.

Antoine está agora apaixonado por Sabine, mas continuamente a desaponta. Quando ele quebra a promessa de ver seu filho na estação (uma promessa feita à Christine), ela acha que não deve mais continuar com essa relação.

Na estação, Antoine vê Colette num trem que vai rumo ao sul e, sem pensar duas vezes, ele consegue pegar o tal trem. Colette tem o livro de Antoine em suas mãos e, à medida que o trem se desloca, ela vai virando suas páginas, ao mesmo tempo em que relembra os velhos tempos dos dois. Antoine e Colette finalmente se encontram e, juntos, discutem o passado e tentam entender se suas vidas estão agora melhores ou não.

Christine e Colette encontram-se quando ambas tentam persuadir Sabine a se reconciliar com Antoine, por quem elas ainda têm grande afeição.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio César 1980 (França)

  • Venceu na categoria de melhor música escrita para cinema.

Festival de Berlim 1979 (Alemanha)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.