Le dernier métro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Le dernier métro
O Último Metro (PT)
O Último Metrô (BR)
 França
1980 • cor • 128 min 
Direção François Truffaut
Roteiro François Truffaut
Suzanne Schiffman
Jean-Claude Grumberg
Elenco Catherine Deneuve
Gérard Depardieu
Jean Poiret
Andréa Ferréol
Género Drama
Idioma Francês


Le dernier métro (O Último Metrô (título no Brasil) ou O Último Metro (título em Portugal)) (1980) é um drama francês dirigido por François Truffaut. O título se refere ao toque de recolher em Paris dado pelos invasores nazistas durante a ocupação da França em 1942, quando os moradores corriam para pegar o último metrô em funcionamento.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme é ambientado na Paris de 1942, quando a cidade estava tomada pelos nazistas. Lucas Steiner, um diretor de teatro judeu, é obrigado a se esconder dos invasores no porão do lugar onde as peças são ensaidas e apresentadas e a única que sabe é sua esposa, a estrela Marion Steiner. Ao iniciarem o ensaio de uma nova peça, o ator Bernard Granger é contratado para protagonista e fazer par com ela. Bernard se mostra mulherengo mas fica intimidado com Marion. Enquanto isso os nazistas ampliam seus domínios na França e perseguem cada vez mais os judeus.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prêmio César 1981 (França)

  • Venceu nas categorias de melhor diretor (François Truffaut), melhor ator (Gerard Depardieu), melhor atriz (Catherine Deneuve) e melhor filme, melhor fotografia, melhor edição, melhor música para cinema, melhor desenho de produção, melhor som e melhor roteiro.
  • Indicado nas categorias de melhor ator coadjuvante (Heinz Bennent) e melhor atriz coadjuvante (Andréa Ferréol).

Prêmio David di Donatello 1981 (Itália)

  • Venceu na categoria de melhor atriz estrangeira (Catherine Deneuve).

Oscar 1981 (EUA)

Globo de Ouro 1981 (EUA)

  • Indicado na categoria de melhor filme estrangeiro.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]