Andreas Vesalius

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Andreas Vesalius
(1514-1564)
Data de nascimento 31 de dezembro de 1514
Local de nascimento Bruxelas, Bélgica
Data de falecimento 15 de outubro de 1564 (49 anos)
Local de falecimento Zakynthos, Grécia
Ocupação Médico e anatomista
Alma mater Universidade de Pavia
Universidade Velha de Lovaina
Universidade de Paris
Universidade de Pádua
Universidade de Basileia
Universidade de Pisa
Retrato de Vesalius em De Humani Corporis Fabrica (1543)

Andreas Vesalius (Bruxelas, 31 de dezembro de 1514Zákinthos, 15 de outubro de 1564) foi um médico belga, considerado o “pai da anatomia moderna”. Foi o autor da publicação De Humani Corporis Fabrica, um atlas de anatomia publicado em 1543. Vesalius era um pouco pobre no começo, mas, depois, com suas obras, se tornou um dos artistas mais importantes, porque inventou teorias e deu inspiração a alguns artistas e cientistas.

Vida[editar | editar código-fonte]

Muito pouco havia sido descoberto sobre anatomia e fisiologia desde a Antiguidade, cujas descobertas foram baseadas na dissecação de animais. A falta de aulas práticas de anatomia na Universidade de Paris acabou levando Vesalius, assim como Michelangelo, a frequentar cemitérios em busca de ossadas de criminosos executados e vítimas de praga. Casou-se em 1544 com Anne van Hamme e teve uma filha com o mesmo nome. Graduou-se doutor em Medicina pela Universidade de Pádua, na Itália, e em 1538 publicou seu primeiro trabalho, as Tabulae Sex, um conjunto de seis desenhos de anatomia feitos por ele próprio. Em 1546 foi nomeado médico da corte do sacro imperador romano Carlos V e ficou a serviço do Império até a abdicação de Carlos em 1556, tendo passado depois disso a servir a Filipe II, rei da Espanha. Vesalius viria a morrer durante uma peregrinação para a terra santa, devido a um naufrágio.

Obra[editar | editar código-fonte]

Além das Tabulae Sex, Vesalius foi autor de De Humani Corporis Fabrica, libri septem (mais conhecido como Fabrica), sua principal obra, que foi concluída em 1543 após inúmeras dissecações de cadáveres humanos. É uma espécie de atlas do corpo humano ricamente ilustrado, dividida em sete partes – ossos (Livro 1), músculos (Livro 2), sistema circulatório (Livro 3), sistema nervoso (Livro 4), abdômen (Livro 5), coração e pulmões (Livro 6) e cérebro (Livro 7).

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Gillispie, Charles C., coord. Dictionary of Scientific Biography. New York: Charles Scribner's Sons, 1970-1990. 18 vols.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Andreas Vesalius
Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.