Antena parabólica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma antena parabólica da Century

Uma antena parabólica é uma antena refletora utilizada para a recepção de sinais de rádio e televisão. Ela reflete o sinal vindo do espaço, que vem em todas as direções, para o centro da antena, onde está o captador (chamado LNB), e assim concentrando este sinal fraco num único ponto, para que se obtenha uma recepção aceitável.[1] É necessário utilizar um circuito elétrico, que codifique esses sinais, e que controle as faixas de frequências que serão utilizadas: para isto que serve o aparelho receptor de sinais (chamado também de decodificador de TV). Esses sinais são transmitidos por satélites que operam para esse tipo de antena.

A forma geométrica da antena é um parabolóide de revolução, de forma que feixes paralelos de radiação eletromagnética se concentrem em seu foco.

As antenas parabólicas são utilizadas de forma muito comum no litoral e também no interior do Brasil, já que a qualidade dos canais recebidos via satélite é mais aceitável do que a recebida na TV comum, e o número de canais recebidos através do satélite é consideravelmente maior. Geralmente o sinal é recebido de forma gratuita, para recebê-lo basta adquirir um kit com antena parabólica, decodificador (digital ou analógico) e cabos coaxiais.

Boa parte das empresas de televisão por assinatura também utilizam antenas parabólicas para a recepção de seus canais, nessa situação é paga uma taxa mensal (assinatura).

Referências

  1. Karim Nice; Tom Harris. Como funciona a TV por satélite Como tudo funciona. Página visitada em 30 de janeiro de 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Antena parabólica
Ícone de esboço Este artigo sobre telecomunicações é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.