Antibiótico betalactâmico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Centro estrutural das penicilinass (acima) e cephalosporins (abaixo). β-lactam anel vermelho.

antibioticos β-lactâmicos é uma classe ampla de antibióticos, que inclui a penicilina e seus derivados, que possuem agente antibiótico, o núcleo β-lactâmico em sua estrutura molecular. É o mais usado grupo de antibióticos.

Embora não seja antibiótico verdadeiro, o inibidor β-lactamase é muitas vezes incluído nesse grupo.

Existem 4 sub-classes de beta-lactâmicos usados no tratamento de infecções:

  • Os penicilínicos, que são os derivados semi-sintéticos da penicilina, como penicilina V, penicilina G, amoxicilina e ampicilina;
  • Os cefalosporínicos de 1ª, 2ª, 3ª e 4ª gerações, sendo entre os betalactâmicos os que maior número de moléculas semi-sintéticas disponibilizam para tratamento, inclusive de infecções hospitalares e também comunitárias;
  • Os carbapenêmicos como o Imipenem, o Meropenem, o Ertapenem e o Panipenem;
  • o clavulanato, com mínimo espectro de atividade, mas usado como inativador de betalactamase, enzima produzida por bactérias para resistirem a ação dos antibióticos betalactâmicos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]