Ari de Sá Cavalcante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Conteudo historico foto Professor Ari de Sá Cavalcante


Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Ari de Sá Cavalcante (Jucás, 26 de agosto de 1918São Paulo, 8 de setembro de 1967) foi professor brasileiro, diretor escolar da organização Educacional Farias Brito.

Filho de João de Sá Cavalcante e Raimunda Rabelo de Sá Cavalcante.

Bacharelou-se pela Faculdade de Direito do Ceará, em dezembro de 1939. Ainda estudante universitário, foi professor de História e Biologia em diversos colégios de Fortaleza. Ensinou nos Cursos da Campanha de Aperfeiçoamento do Ensino Secundário, nos anos de 1959 a 1962, em Fortaleza, Maceió, Curitiba e Belo Horizonte. Em 1944, através de concurso público, ingressou no magistério militar como professor de Matemática da Escola Preparatória de Cadetes de Fortaleza (atual Colégio Militar). Professor da Faculdade Estadual de Ciências Econômicas, por concurso público. Em 1961, assumiu o cargo de diretor. A Faculdade federalizou-se na sua administração, integrando-se à UFC. Fundou o CAEN – Centro de Aperfeiçoamento de Economistas do Nordeste e o Curso de Pós-Graduação. Secretário da Fazenda no Governo Raul Barbosa de 1954 a 1955, sendo também Secretário, no Ceará do PSD – Partido Social Democrático.

Seu nome é dado ao colégio cearense Colégio Ari de Sá Cavalcante em sua homenagem, por seu filho e atual diretor-presidente do grupo, Oto Brasil de Sá Cavalcante.

Menino pobre, nascido no interior do Ceará, mas, desde cedo, compreendeu que a formação e realização integral somente seria possível através da educação. Apesar das grandes dificuldades financeiras da família, Ari de Sá Cavalcante, foi aluno brilhante.

Seu zelo pelo estudo era tão grande que, quando jovem, saía à noite para estudar embaixo das luminárias da Praça dos Leões. Na sua pequena casa da Av. Dom Manuel, 482, havia iluminação apenas na sala de visitas, onde se concentrava toda família.

Foi professor concursado da Escola Preparatória de Cadetes de Fortaleza, hoje Colégio Militar, e Secretário da Fazenda do Estado.

De 1941 até sua morte, em 1967, foi Professor e Diretor do Colégio Farias Brito, juntamente com o professor João Ramos de Vasconcelos César.

Professor da Faculdade Estadual de Ciências Econômicas, foi eleito Diretor em 1961. Fez trabalho notável à frente dessa instituição, e foi eleito àquele cargo pela congregação de professores por três mandatos consecutivos. Federalizou-a, criou cursos de pós-graduação, e colocou a Faculdade entre as melhores do país. Instituiu o concurso público para contratação de professores quando não existia a figura do concurso na UFC. Fundou o CAEN - Centro de Aperfeiçoamento de Economistas do Nordeste.

Como jornalista, colaborou no Jornal O Estado, de propriedade de seu irmão Deputado Federal Walter de Sá Cavalcante. Não poderia haver figura pública mais digna e merecedora de minha homenagem que meu saudoso pai, cujo tempo de vida foi de apenas 49 anos.

O fato de darmos à nossa escola o nome de Ari de Sá Cavalcante inspira grande responsabilidade. A responsabilidade de honrar um grande nome da educação do Ceará, com o mais alto padrão de ensino. Sempre buscamos a excelência. Humildemente reconheço que conseguimos criar referências de educação de qualidade, mas há um enorme caminho a percorrer e a excelência jamais poderá ser considerada pronta e acabada.

Entendemos que, no COLÉGIO ARI DE SÁ CAVALCANTE, mais importante do que aprender é desenvolver a capacidade de aprender, pensar, conviver e resolver problemas. Procuramos oferecer aos nossos alunos uma educação a mais formativa possível e não apenas informativa. Que adianta formar uma pessoa do ponto de vista informativo sem uma preocupação com o crescimento humano? Trabalhamos para que nossa escola seja cada vez mais um grande centro de formação e cultura.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Carlos Barbosa
Secretário da Fazenda do Estado do Ceará
19541955
Sucedido por
Alfredo Brasil Montenegro
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.