Atiq Rahimi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde dezembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Atiq Rahimi é um escritor e cineasta afegão nascido em Cabul, Afeganistão, no ano de 1962. Tem dupla nacionalidade francesa e afegã

Durante a guerra nos anos 80 saiu de seu país, já que estudou em uma escola franco-afegã, refugiou-se na França, onde vive até hoje. Apesar de falar francês fluentemente, escreve em dari, língua falada no norte, noroeste do Afeganistão. Não só é formado em Letras, mas também em cinema, está produzindo um filme de seu primeiro romance publicado, Terra e Cinzas.

Existem quatro livros publicados no Brasil, Terra e Cinzas, As Mil Casas do Sonho e do Terror, Syngué sabour - Pedra de paciência e Maldito Seja Dostoiévski.

Foi vencedor do Prêmio Goncourt em 2008 pelo seu livro «Syngué sabour. Pierre de patience» o primeiro escrito em francês.

São cinco os seus livros, a saber:

  • Terre et cendres, Paris, P.O.L., 2000. ("Terra e cinzas")
  • Les Mille Maisons du rêve et de la terreur, Paris, P.O.L., 2002. ("As mil casas do sonho e do terror")
  • Le Retour imaginaire, Paris, P.O.L., 2005. ("O retorno imaginário")
  • Syngué sabour - Pierre de patience, Paris, P.O.L., 2008 ("Singuê sabúr - Pedra de paciência")
  • Maudit soit Dostoïevski, Paris, P.O.L., 2011. ("Maldito seja Doistoïevski")



O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Atiq Rahimi