Avares

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.

Os avares (também chamados de ávares, abares, ábares ou ávaros), ditos caucasianos, são um povo que habita o Cáucaso, especialmente o Daguestão, onde são o grupo étnico predominante. O avar, idioma caucasiano, pertence à família linguística caucásica do noroeste (também conhecida como nakh-daguestânica).

Os avares povoaram a maior parte do Daguestão, e boa parte das planícies vizinhas (Buynakskiy, Khasav'yurtovskiy e outras regiões). Também habitam a Chechênia, Calmúquia e outras áreas da Rússia, bem como do Azerbaijão (principalmente os rayons de Balakan e Zakatala), onde vivem 42.100 avares (1999[1] ) e da Geórgia (os avares do Kvareli, onde vivem 2.500).[carece de fontes?]

Em 2002 os avares, que assimilaram diversos povos vizinhos que falavam idiomas semelhantes, totalizavam cerca de 1,04 milhões, dos quais 814.500 vivem na Rússia[2] e mais de 750.000 no Daguestão. 32% deles vivem em cidades (cifras de 2002).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre etnologia ou grupos étnicos é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.