Batalha de Degsastan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde novembro de 2011)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Batalha de Degsastan
Data 603
Local A antiga tradição situa-a em Dawstane, Liddesdale
Desfecho vitória berniciana
Combatentes
Bernicianos Dalriadanos
Comandantes
Etelfrido da Bernícia Áedán mac Gabráin

A Batalha de Degsastan ocorreu aproximadamente em 603 entre o rei Etelfrido da Bernícia e os gaélicos sob o comando de Áedán mac Gabráin, rei de Dál Riada. Etelfrido conquistou uma vitória decisiva, embora seu irmão Theodbald tenha sido morto. Não se sabe quase nada sobre a batalha, nem mesmo onde localizava-se "Degsastan". Alguns suspeitam que ficava em Dawstane em Liddesdale.

De acordo com o relato de Beda em sua Historia ecclesiastica gentis Anglorum (Livro I, capítulo 34), Etelfrido conquistou muitas vitórias contra os bretões e foi expandindo seu poder e território, e isto preocupou Áedán, que comandou "um exército imenso e poderoso" contra Etelfrido. Embora Etelfrido tivesse o exército menor, Beda relata que quase todos do exército de Áedán foram mortos, e Áedán fugiu. Após esta derrota, de acordo com Beda, os reis irlandeses na Grã-Bretanha não fariam mais guerra contra os ingleses, até a época de Beda (130 anos depois).

Junto ao exército de Áedán se encontrava o exilado berniciano Hering, filho do ex-rei de Bernícia, Hussa; sua participação é mencionada pela Crônica anglo-saxã (manuscrito E, ano 603), e pode indicar a rivalidade dinástica entre os bernicianos. Junto ao exército de Áedán também estava o príncipe do Cenél nEógain, Máel Umai mac Báetáin, que é dito por fontes irlandesa ter morto Eanfrith, irmão de Etelfrido.

Áedán manteve-se como rei de Dál Riata até 608, quando foi sucedido por seu filho mais novo Eochaid Buide. Etelfrido morreu em batalha em 616.

Referências

  • Matthews, Rupert (2003), England versus Scotland, Barnsley: Leo Cooper, ISBN 0-8505-2949-2