Carélios

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.
Carélios
KarelianNationalFlag.svg
Bandeira da Carélia [1] [2]
Karelian man 1900.jpg
Homem carélio em 1900.
População total
Regiões com população significativa
 Rússia 93,344 (2002) [3]
 Finlândia 10,000 (1994) [4]
Flag of Ucrânia Ukraine 1,522 (2001) [5]
Flag of Bielorrússia Belarus 524 (1999) [6]
Flag of Estónia Estonia 430 (2000) [7]
Línguas
Carélia (Lúdica e Oloneto, Finlandês e Russo
Religiões
Predominantemente cristãos ortodoxos com minoria protestante
Etnia
Caucasiano
Grupos étnicos relacionados
Finlandeses, Ingrianos, Vépsios, Vótios, Estonianos, Livonios, Setos

Os Carélios são um grupo étnico Fino-báltico que vive, em sua maioria, na República da Carélia e em outras partes do noroeste da Rússia. A terra natal histórica dos Carélios incluem partes da moderna Finlândia oriental (Carélia do Norte) e o antigo território finlandês de Ladoga Carélia. Em um processo que se iniciou no século XVII e culminou posteriormente na Segunda Guerra Mundial, a etnia carélia da Finlândia foi assimilada linguistacamente e etnicamente com a população finlandesa e estão inclusos no amplo grupo dos Carélios Finlandeses[8] , que são considerados os formadores do sub-grupo dos finlandeses.

A separação entre os Carélio Finlandeses e os Russos - ou Carélios Orientais - foi criada e mantida por diferentes religiões, dialetos e experiências históricas[9] . Os Carélios na Russia viveram por séculos sob a influência da cultura eslava, adotaram a religião russa ortodoxa e têm sido, até certo ponto, assimilados pelos Russos.[10] [11] [12] .

Durante séculos, os Carélios que vivem na Rússia tornaram-se dispersos em vários subgrupos distintos. O maior grupo são os Carélios do Norte vivendo na República da Carélia e os Carélios do Sul no Tver, Novgorod e no Oblast de Leningrado da Rússia. Os subgrupos dos Carélios do Sul, os Tikhvin e Valdai Karels, somam entre 90,000 - 100,000 pessoas e também são considerados assimilados e falam russo como sua primeira língua. Os Carélios do Norte incluem os Olonetos e os Ludes, falantes das línguas (Lúdica e Oloneto Carélio, vivem na República da Carélia Russa[13] .

Referências