Carrie (2002)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Carrie
Carrie, A Estranha (BR)
Estados Unidos
2002 • cor • 132 min 
Direção David Carson
Roteiro Stephen King
Bryan Fuller
Elenco Angela Bettis
Patricia Clarkson
Rena Sofer
Kandyse McClure
Emilie de Ravin
Idioma Inglês
Música Laura Karpman
Cinematografia Victor Goss
Edição Anthony A. Lewis
Lançamento Estados Unidos 4 de novembro de 2002

Carrie (Brasil: Carrie, A Estranha) é um telefilme estadunidense de 2002, baseado na obra de mesmo nome do escritor Stephen King, exibido originalmente pelo canal NBC. Foi inicialmente planejado como um piloto de uma série de TV em que Carrie se mudaria para a Flórida para ajudar outras pessoas com problemas de telecinese, porém nunca realizado. Serviu como um piloto de dois episódios de uma série de TV no National Broadcasting Corporation, por esta razão que Carrie foi resgatada no final, em vez de morrer. Os executivos da NBC esperavam que a ideia da série seguiria o sucesso de uma série semelhante, The Dead Zone, entretanto, devido à baixa audiência, a NBC logo abandonou a ideia da série.O filme conta a história da jovem Carrie white que após uma brincadeira de mal gosto dos colegas de classe desencadeia uma catastrófe na cidade em que vive devido aos seus poderes telecineticos,

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

As músicas tocadas durante o as cena do baile são as do Dartmouth College, interpretada pela Dartmouth College Marching Band. O produtor executivo Mark Stern,que é um ex-aluno da Dartmouth, solicitou uma gravação das músicas do diretor da faculdade Max Culpepper para usar no filme.[1]

Referências

  1. FOXALL, Devin. "Marching band gets a taste of Hollywood", The Dartmouth, 24 de outubro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]