Catuti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Catuti
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 21 de dezembro de 1995
Gentílico catutiense [1]
Prefeito(a) Hélio Pinheiro da Cruz Júnior (PP)
(2009–2012)
Localização
Localização de Catuti
Localização de Catuti em Minas Gerais
Catuti está localizado em: Brasil
Catuti
Localização de Catuti no Brasil
15° 21' 28" S 42° 57' 46" O15° 21' 28" S 42° 57' 46" O
Unidade federativa  Minas Gerais
Mesorregião Norte de Minas IBGE/2008 [2]
Microrregião Janaúba IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Mato Verde, Pai Pedro e Monte Azul
Distância até a capital 652 [3] km
Características geográficas
Área 285,988 km² [4]
População 5 102 hab. Censo IBGE/2010[5]
Densidade 17,84 hab./km²
Altitude 520 [6] m
Clima semiárido [7]  Bsh
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,605 médio PNUD/2000 [8]
PIB R$ 20 363,434 mil IBGE/2008[9]
PIB per capita R$ 3 726,15 IBGE/2008[9]
Página oficial

Catuti é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Sua população estimada em 2004 era de 5.117 habitantes. Ex-distrito de Mato Verde possui 01 Distrito, Barreiro Branco, situado a 20 km da sede do município, além das comunidade rurais de Vila União Santa Rita, Malhada Grande, Vista Alegre, Carrasco, Vila Cento e Onze, Pé do Morro I e II, Tabuleiro, Poções, Pau a Pique, Linha D’água, Malhadinha, Ilha Grande I e II, Sambaiba, Ferraz, Jacuipe, Maravilha, Conselho, Lagoa Escura e Tamanduá.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Principais distâncias: Mato VerdeMG, 12 km; JanaúbaMG,93 km; Montes ClarosMG, 226 km; Belo HorizonteMG, 652 km.

O acesso até a sede do Município de Catuti é realizado por rodovia estadual (Mato Verde - Catuti - Gameleiras) recém pavimentada pelo Programa Pró-Acesso.

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima é predominante tropical com transição para o semi-árido. Temperatura média registrada de 26°C e a média de precipitação pluviométrica é de 850mm/ano.

Infra-estrutura[editar | editar código-fonte]

Saúde[editar | editar código-fonte]

Foi implantado o processo de municipalização das ações de saúde em Catuti. O Conselho Municipal de Saúde e o Fundo Municipal de Saúde encontram-se funcionando. O Plano Municipal de Saúde foi elaborado e aprovado. O Município possui 01 (um) Posto de Saúde e 01 (um) Gabinete Odontológico na sua sede. Existe também no Distrito de Barreiro Branco 01 (um) Posto de Saúde. De acordo com o estudo das estatísticas de análises do Município e pareceres técnicos, o quadro de saúde encontra-se na categoria regular. Destaca-se a necessidade de dar maior ênfase à área de prevenção. A análise do quadro nosológico do Município sugere que as doenças mais comuns ou preocupantes consistem:

  • Parasitoses e infecções gastro-intestinais;
  • Infecções respiratórias (gripe, bronquite, pneumonia);
  • Hipertensão arterial;
  • Desnutrição (anemia carencial);
  • Cárie dentária;
  • Aparelho circulatório (hipertensão arterial);
  • Chagas;
  • Diabetes;
  • Tuberculoses;
  • Doenças Oncológicas e
  • Hanseníase.

Educação[editar | editar código-fonte]

A taxa de alfabetização no município é média, sendo que grande parte da população de idosos chegam a ser analfabetos ou sabem apenas escrever o próprio nome, o que não é satisfatório. Já entre os adultos a taxa de alfabetização é maior, apesar que desta parcela alfabetizada uma parte é analfabeta funcional, ou seja, não sabem ler e escrever como deveriam. Já entre os jovens e crianças o analfabetismo apresenta índices bem baixos, devido ao acesso a escola, que é praticamente correspondente à demanda no município. Quanto ao Ensino Superior, os alunos se deslocam até as cidades próximas.A escola da rede estadual oferece também cursos profissionalizantes para os alunos egressos do ensino médio e o município oferece cursos pelo Projovem Urbano. Há ainda ocorrência de cursos técnicos pela rede pública, pelo PEP, como Informática, em que as aulas são ministradas na cidade vizinha por esta possuir uma estrutura mais adequada para haver esse tipo de curso.

Política[editar | editar código-fonte]

Executivo[editar | editar código-fonte]

Prefeito Municipal: Hélio Pinheiro da Cruz Júnior – PP Vice-prefeito: Divaldo Alves de Sá – PSDB

Legislativo[editar | editar código-fonte]

Antônio José da Cruz (PMDB); Alaíde Maria de Souza (PTB); Alessandra Keli Leão Alves (PTB); Geraldo Ramos da Silva (PT); Hélio Cezar Barbosa (PDT); Hermínio Alves Martins (PMDB); Odair Diomedeci (PP); Paulo Alves Martins (PTB); Rudson de Freitas Neves (PSDB).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. IBGE Cidades@ O Brasil Município por Municipio. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Página visitada em 19 de agosto de 2009.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  3. distancias-bhmunicipios Distâncias BH/Municípios. Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER/MG). Página visitada em 19 de agosto de 2009.
  4. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  5. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  6. O Estado: Municípios Mineiros O Estado: Municípios Mineiros. Assembléia Legislativa do Estado de Minas Gerais. Página visitada em 01 de março de 2010.
  7. World Map of the Köppen-Geiger climate classification World Map of the Köppen-Geiger climate classification. Institute for Veterinary Public Health. Página visitada em 24 de fevereiro de 2010.
  8. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  9. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.