Cha Bum-Kun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Cha Bum-Kun
Informações pessoais
Nome completo Cha Bum-Kun
Data de nasc. 22 de Maio de 1953 (61 anos)
Local de nasc. Hwaseong,  Coreia do Sul
Altura 1.81
Apelido Tscha Bum
Informações profissionais
Clube atual Sem clube
Clubes de juventude
1972-1975 Coreia do Sul Korea University
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1976
1976–1978
1978–1979
1979–1983
1983–1989
Coreia do Sul Korea Trust Bank
Coreia do Sul Korean Air Force
Alemanha SV Darmstadt 98
Alemanha Eintracht Frankfurt
Alemanha Bayer 04 Leverkusen
Total


001 0(0)
122 (46)
185 (52)
308 (98)
Seleção nacional
1972–1986 Flag of South Korea.svg Coreia do Sul 121 (55)
Times que treinou
1991–1994
1997–1998
1998–1999
2003–2010
Coreia do Sul Ulsan Hyundai Horang-i
Flag of South Korea.svg Coreia do Sul
Coreia do Sul Shenzhen Ping'an
Coreia do Sul Suwon Samsung Bluewings

Cha Bum-Kun - 차범근, em coreano (Hwaseong, 22 de maio de 1953) é um ex-jogador e técnico de futebol sul-coreano.

Já foi eleito o jogador asiático do século XX. Sua carreira de jogador, estendida de 1978 a 1989, deu-se na então Alemanha Ocidental. Jogou no Darmstadt 98, no Eintracht Frankfurt e no Bayer Leverkusen. Ganhou uma Copa da UEFA nos dois últimos. Na conquista pelo Bayer, marcou um dramático gol na final contra o Espanyol, empatando o jogo em 3 a 3; seu time venceria nos pênaltis. Ao encerrar a carreira, foi até então o estrangeiro que mais vezes marcou na Bundesliga: 98 vezes (nenhum de pênalti) em 308 jogos.

Pela Coreia do Sul, chegou a marcar 3 gols em 7 minutos em jogo contra a Malásia, em 1977. Levou o país a seu primeiro mundial desde 1954, participando da Copa do Mundo de 1986, a única que disputou. Chegou a receber oferta de naturalização para jogar pela Alemanha Ocidental, mas recusou. Teve fãs famosos entre os jogadores do país: Michael Ballack, Oliver Kahn e Jürgen Klinsmann (que já declarou julgar-se inferior à Cha Bum-Kun como jogador), além do inglês Michael Owen e do português Luís Figo.

Em 1991, Cha, que não jogou profissionalmente na Coreia do Sul, estava de volta ao país para exercer função de técnico, quando uma liga profissional para o país, a K-League, foi criada. Tendo defendido a Seleção Sul-Coreana de 1972 e 1986, foi técnico do país na Copa do Mundo de 1998. Seu filho, Cha Du-Ri (que nasceu em Frankfurt, quando o pai jogava pelo Eintracht) integrou a equipe que terminou em quarto lugar na Copa de 2002.

Atualmente dirige a equipe do Suwon Samsung Bluewings, da Coréia do Sul onde conquistou o Campeonato Pan-Pacífico de 2009.