Seleção Sul-Coreana de Futebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coreia do Sul
Emblem of Korea Football Association.png
Alcunhas?  Les Tigres d'Asie
Les Guerriers Taegeuk
Les Diables Rouges
Associação Association Coréenne de Football
Confederação AFC (Ásia)
Material desportivo?  Estados Unidos Nike
Treinador Choi Kang-Hee
Capitão Kwak Tae-Hwi
Mais participações Hong Myung-Bo (135)
Artilheiro Cha Bum-Kun (55)
Kit left arm southkorea1415h.png Kit body southkorea1415home.png Kit right arm southkorea1415h.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm southkorea1415a.png Kit body southkorea14a.png Kit right arm southkorea1415a.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Sul-Coreana de futebol representa a Coreia do Sul nas competições de futebol da FIFA. Filiou-se à FIFA em 1945. Tem sido uma dos mais bem sucedidos times asiáticos desde que fizeram sua estreia nos Jogos Olímpicos de Verão de 1948. Manda seus jogos no Estádio Sang-am de Seul.

História[editar | editar código-fonte]

A Coreia, antigamente, tinha um jogo com bola chamado 'yhuk-juk' muito similar ao futebol moderno. Contudo, os Coreanos viram a versão presente do futebol pela primeira vez em 1892 quando membros da tripulação britânica jogavam enquanto sua embarcação visitava o Porto de Inchon.

Em 1921, o primeiro Torneio de Futebol de Toda a Coreia foi disputado, e então em 1928, a Korea Football Association foi organizada, que criou uma fundação para disseminar e desenvolver o futebol na Coreia.

Durante as décadas de subjugo colonial pelo Japão, o futebol contribuiu para aliviar as frustrações dos Coreanos e alimentando a esperança de libertação.

A Korea Football Association foi reinstaurada em 1968, logo após o estabelecimento da República da Coreia. A KFA tornou-se membro da FIFA, a instituição que controla o futebol internacionalmente, em 1948. A KFA juntou-se à AFC (Confederação Asiática de Futebol) em 1974.

Desde os anos 1970 a Coreia emergiu como uma potência no futebol Asiático, ganhando diversos campeonatos de futebol de prestígio na Ásia. A Seleção Coreana jogou a Copa do Mundo por 5 vezes consecutivas, tornando seus jogadores os reis do futebol asiático. A Liga Coreana de futebol profissional foi lançada em 1983 como o primeiro de seu gênero na Ásia. Isso não apenas agradou os torcedores nativos, mas também incrementou o nível do futebol Coreano.

A Copa do Mundo de 2002 foi um sinal de rápido progresso feito no futebol Coreano. Certamente, ter sido uma das sedes do evento com o Japão é o resultado da paixão e do interesse do povo Coreano pelo futebol. Liderados pelo técnico neerlandês Guus Hiddink, e com uma grande performance de uma estrela em ascensão do futebol asiático chamado Park Ji-Sung, a seleção deixou o mundo boquiaberto por ter eliminado uma grande e tradicional força do futebol mundial, a Itália e avançando rumo às quartas-de-final e eliminado uma outra grande seleção nessa fase, a Espanha em uma polémica e emocionante disputa de pênaltis, conseguindo assim uma vaga inédita para a tão sonhada fase de semifinais, a primeira de um time asiático na história do torneio. Esse feito foi o resultado de um grande apoio e engajamento de todo o povo Coreano que ama tanto o futebol. O entusiasmo da torcida vermelha, os "diabos vermelhos", também surpreenderam os espetadores. Agora o futebol da Coreia se situa na linha de partida de uma nova era.

Já na Copa de 2010, chegou às oitavas-de-final, sendo eliminada pelo Uruguai.

No Torneio de Futebol dos Jogos Olímpicos de 2012, obteve uma inédita medalha de bronze

Park Ji-Sung maior ídolo da história da seleção da Coreia do Sul

Títulos[editar | editar código-fonte]

*: Coreia do Sul e Myanmar dividiram a medalha.
**: Coreia do Sul e Coreia do Norte dividiram a medalha.

Campanhas de destaque[editar | editar código-fonte]


Quadro de desempenho geral em Copas do Mundo[editar | editar código-fonte]