Copa do Mundo FIFA de 1934

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde dezembro de 2009)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Copa do Mundo FIFA de 1934
Campionato Mondiale di Calcio
Dados
Participantes 16
Organização FIFA
Anfitrião Reino de Itália Itália
Período 27 de maio10 de junho
Gol(o)s 70
Jogos 17
Média 4,12 gol(o)s por partida
Campeão Reino de Itália Itália (1º título)
Vice-campeão Tchecoslováquia Tchecoslováquia
3º colocado Alemanha Nazi Alemanha
Melhor marcador ChecoslováquiaTCH Oldřich Nejedlý – 5 gols
Maior goleada
(diferença)
Reino de Itália Itália 7 – 1 Flag of the United States.svg Estados Unidos
Stadio Nazionale PNFRoma
27 de maio, Primeira fase
Público 358 000
Média 21 058,8 pessoas por partida
◄◄ Uruguai Uruguai 1930 Soccerball.svg França 1938 França ►►

A Copa do Mundo de 1934 foi a primeira na qual os países tiveram que se classificar na disputa das Eliminatórias para poder participar. Dessa vez, a maioria esmagadora das nações era do continente Europeu.

O Mundial de 1934 como o de 1938 teve interesses políticos em jogo: o regime fascista subjugava a Itália, e o ditador Benito Mussolini planejou transformar o evento numa espécie de propaganda pró-regime. A influência indiscutível de Mussolini se impôs em diversos aspectos, como por exemplo a escolha pré-determinada de árbitros "suspeitos" nas partidas da anfitriã Itália. O sueco Ivan Eklind, que apitou a semifinal e a final, teria se encontrado com Mussolini antes das partidas. Misteriosamente, decisões polêmicas foram tomadas, sempre em favor da Itália ( expulsões e gols anulados de adversário.) Alguns árbitros influenciaram tanto nos resultados da Itália que foram expulsos por suas pátrias após o torneio, caso do suíço René Mercet e do belga Louis Baert.

Duas peculiaridades marcaram a Copa do Mundo de 1934: O defensor do título, Uruguai, recusou o convite para participar, num boicote aos europeus por terem ignorado a edição anterior, em 1930 (Apenas 4 seleções européias participaram do torneio: Bélgica, França, Iugoslávia e Romênia), tornando-se assim o único defensor de título que não competiu no torneio seguinte. Além disso, a anfitriã Itália teve que passar pelas Eliminatórias, na única ocasião em que um país-sede precisou disputar Eliminatórias.

O modelo do mundial aconteceu em estilo "mata-mata", composto por 5 fases com os confrontos das oitavas definidos por sorteio: Oitavas, Quartas, Semifinal, Disputa do 3º Lugar (ausente em 1930) e Final. Participaram doze seleções européias: Áustria, Tchecoslováquia, Alemanha, Hungria, Itália, Espanha, Suécia, Suíça, França, Romênia, Bélgica e Holanda; Duas sul-americanas: Brasil e Argentina; Uma norte-centro-americana: Estados Unidos e uma africana: Egito.

A maior goleada da Copa ocorreu logo na primeira fase, Itália 7x1 Estados Unidos. O Brasil, outra vez desfalcado devido às eternas brigas entre cariocas e paulistas, deu vexame: Perdeu por 3 x 1 da Espanha e voltou para casa. Outra decepção foi a Argentina, vice-campeã do mundo, que foi eliminada pela Suécia por 3 x 2. As grandes forças Mundial de 1934 eram a Itália, a Espanha, a Hungria e a Tchecoslováquia.

O primeiro jogo-desempate da história das Copas foi entre Itália e Espanha. No primeiro jogo, empate em 1 x 1 após a prorrogação (neste tempo ainda não havia disputa por pênaltis). No desempate, deu Itália: 1 x 0. Nas semifinais, em Milão a Itália venceu a Áustria por 1x0 e em Roma a Tchecoslováquia bateu a Alemanha por 3 x 1. Na Disputa pelo 3º lugar a Alemanha venceu a Áustria por 3x2.

A final foi disputada no Estádio Nacional do PNF (Partido Nacional Fascista), sob presença do imponente Mussolini e de outros 50 mil espectadores. A Itália empatou o jogo com a Tchecoslováquia no tempo normal, e na prorrogação Angelo Schiavio fez o gol do título italiano: 2x1.

Classificações obtidas pelas selecções presentes na Copa do Mundo.

Eliminatórias para a Copa de 1934[editar | editar código-fonte]

A Suécia se retirou da disputa de sediar a segunda Copa do Mundo misteriosamente. 34 países solicitaram a participação devido ao sucesso da primeira edição. A Itália sediou uma copa praticamente européia. Apenas três das 16 seleções eram americanas e nenhuma delas ficou entre os oito primeiros. O Uruguai, que era o atual campeão, recusou-se a participar da Copa de 1934 em represália ao boicote europeu na edição anterior. Diversas seleções americanas decidiram não enviar suas seleções para a primeira Copa na Europa.

Árbitros[editar | editar código-fonte]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Oitavas-de-final Quartas-de-final Semifinais Final
                           
27 de maio - Florença            
 Alemanha Nazi Alemanha  5
31 de maio - Milão
 Flag of Belgium (civil).svg Bélgica  2  
 Alemanha Nazi Alemanha  2
27 de maio - Bolonha
   Flag of Sweden.svg Suécia  1  
 Flag of Argentina.svg Argentina  2
3 de junho – Roma
 Flag of Sweden.svg Suécia  3  
 Alemanha Nazi Alemanha  1
27 de maio - Milão
   Flag of Czechoslovakia.svg Tchecoslováquia  3  
 Países Baixos Países Baixos  2
31 de maio - Turim
 Flag of Switzerland.svg Suíça  3  
 Flag of Switzerland.svg Suíça  2
27 de maio - Trieste
   Flag of Czechoslovakia.svg Tchecoslováquia  3  
 Flag of Czechoslovakia.svg Tchecoslováquia  2
10 de junho – Roma
 Flag of Romania.png Romênia  1  
 Flag of Czechoslovakia.svg Tchecoslováquia  1
27 de maio - Turim
   Flag of Italy (1861-1946).svg Itália (PRO)  2
 Flag of Austria.svg Áustria (PRO)  3
31 de maio - Bolonha
 Bandeira da França França  2  
 Flag of Austria.svg Áustria  2
27 de maio - Nápoles
   Flag of Hungary (1920–1946).svg Hungria  1  
 Flag of Hungary (1920–1946).svg Hungria  4
3 de junho - Milão
 Flag of Egypt (1922–1958).svg Egito  2  
 Flag of Austria.svg Áustria  0
27 de maio - Gênova
   Flag of Italy (1861-1946).svg Itália  1   Terceiro lugar
 Brasil Brasil  1
31 de maio – Florença¹ 7 de junho - Nápoles
 Flag of the Second Spanish Republic.svg Espanha  3  
 Flag of the Second Spanish Republic.svg Espanha  1 (0)  Alemanha Nazi Alemanha  3
27 de maio - Roma
   Flag of Italy (1861-1946).svg Itália[1]  1 (1)    Flag of Austria.svg Áustria  2
 Flag of Italy (1861-1946).svg Itália  7
 Flag of the United States.svg Estados Unidos  1  

¹não havia disputa por pênaltis, havia jogo de desempate.

Oitavas-de-Final[editar | editar código-fonte]

27 de maio de 1934
16:30
Flag of Italy (1861-1946).svg Itália 7–1 Flag of the United States.svg Estados Unidos Stadio Nazionale PNF, Roma

Árbitro: René Mercet Suíça />Público: ~13 000


Schiavio 18', 29', 64'
Orsi 20', 69'
Ferrari 63'
Meazza 90'
Donelli 57'

27 de maio de 1934
16:30
Flag of Czechoslovakia.svg Tchecoslováquia 2–1 Flag of Romania.png Romênia Stadio Littorio, Trieste

Árbitro: John Langenus (Bélgica)
Público: ~8 000


Puč 48'
Nejedlý 66'
Dobay 12'

27 de maio de 1934
16:30
Flag of Switzerland.svg Suíça 3–2 Países Baixos Países Baixos Stadio San Siro, Milão

Árbitro: Ivan Eklind (Suécia)
Público: ~40 000


Kielholz 9', 48'
Smit 29'
Abegglen 65'
Vente 69'

27 de maio de 1934
16:30
Flag of Sweden.svg Suécia 3–2 Flag of Argentina.svg Argentina Stadio Littorale, Bolonha

Árbitro: Eugen Braun (Áustria)
Público: ~15 000


Jonasson 9', 67'
Kroon 80'
Belis 3'
Galateo 50'

27 de maio de 1934
16:30
Alemanha Nazi Alemanha 5–2 Flag of Belgium (civil).svg Bélgica Stadio Giovanni Berta, Florença

Árbitro: Francesco Mattea (Itália)
Público: ~8 000


Kobierski 27'
Siffling 47'
Conen 66', 69' 85'
Voorhoof 32', 44'

27 de maio de 1934
16:30
Flag of Austria.svg Áustria 3–2
(Após prorrogação)
Bandeira da França França Stadio Benito Mussolini, Turim

Árbitro: John van Morsell (Países Baixos)
Público: ~20 000


Sindelar 45'
Schall 94'
Bican 97'
Nicolas 18'
Verriest 113'

27 de maio de 1934
16:30
Flag of Hungary (1920–1946).svg Hungria 4–2 Flag of Egypt (1922–1958).svg Egito Stadio Giorgio Ascarelli, Nápoles

Árbitro: Rinaldo Barlassina (Itália)
Público: ~12 000


Teleki 9'
Todi 25', 61'
Vincze 54'
Fawzi 27', 67'

Fawzi chegou a marcar um terceiro gol, o qual foi anulado por impedimento. Segundo o goleiro egípcio, o gol do companheiro foi legal, pois este o fez depois de driblar vários húngaros desde o centro do campo. Logo, Fawzi se tornaria o primeiro - e até agora, único - jogador africano a marcar um hat-trick em Copas do Mundo.


27 de maio de 1934
16:30
Brasil Brasil 1–3 Flag of the Second Spanish Republic.svg Espanha Stadio Luigi Ferraris, Gênova

Árbitro: Alfred Birlem (Alemanha)Público: ~25 000


Leônidas 54' Iraragorri 17' (pen)
Lángara 25', 28'

Quartas-de-final[editar | editar código-fonte]

31 de maio de 1934
16:30
Alemanha Nazi Alemanha 2–1 Flag of Sweden.svg Suécia Stadio San Siro, Milão

Árbitro: Rinaldo Barlassina (Itália)
Público: ~15 000


Hohmann 60', 63' Dunker 82'

31 de maio de 1934
16:30
Flag of Switzerland.svg Suíça 2–3 Flag of Czechoslovakia.svg Tchecoslováquia Stadio Benito Mussolini, Turim

Árbitro: Alois Beranek (Áustria)
Público: ~12 000


Kielholz 18'
Jäggi 78'
Svoboda 24'
Sobotka 49'
Nejedlý 82'

31 de maio de 1934
16:30
Flag of Italy (1861-1946).svg Itália 1–1 Flag of the Second Spanish Republic.svg Espanha Stadio Giovanni Berta, Florença

Árbitro: Louis Baert (Bélgica)
Público: ~35 000


Ferrari 44' Reueiro 30'

31 de maio de 1934
16:30
Flag of Austria.svg Áustria 2–1 Flag of Hungary (1920–1946).svg Hungria Stadio Littorale, Bolonha

Árbitro: Francesco Mattea (Itália)
Público: ~25 000


Horvath 8'
Zischek 51'
Sárósi 60' (pen)
Jogo Desempate
1º de junho de 1934
16:30
Flag of Italy (1861-1946).svg Itália 1–0 Flag of the Second Spanish Republic.svg Espanha Stadio Giovanni Berta, Florença

Árbitro: René Mercet (Suíça)
Público: ~45 000


Meazza 11'

Semifinais[editar | editar código-fonte]

3 de junho Itália Flag of Italy (1861-1946).svg 1 – 0 Flag of Austria.svg Áustria Estádio San Siro, Milão
16:30
Guaita Gol marcado aos 19 minutos de jogo 19' relatório Público: 35 000
Árbitro: SuéciaSUE Ivan Eklind

3 de junho Tchecoslováquia Flag of Czechoslovakia.svg 3 – 1 Alemanha Nazi Alemanha Stadio Nazionale PNF, Roma
16:30
Nejedlý Gol marcado aos 21 minutos de jogo 21', Gol marcado aos 69 minutos de jogo 69', Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80' relatório Noack Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62' Público: 15 000
Árbitro: ItáliaITA Rinaldo Barlassina

Disputa do 3º lugar[editar | editar código-fonte]

7 de junho Alemanha Alemanha Nazi 3 – 2 Flag of Austria.svg Áustria Stadio Giorgio Ascarelli, Nápoles
18:00
Lehner Gol marcado aos 1 minutos de jogo 1', Gol marcado aos 42 minutos de jogo 42'
Conen Gol marcado aos 27 minutos de jogo 27'
relatório Horvath Gol marcado aos 28 minutos de jogo 28'
Sesta Gol marcado aos 54 minutos de jogo 54'
Público: 7 000
Árbitro: ItáliaITA Albino Carraro

Final[editar | editar código-fonte]

10 de junho Itália Flag of Italy (1861-1946).svg 2 – 1 Flag of Czechoslovakia.svg Tchecoslováquia Stadio Nazionale PNF, Roma
17:30
Orsi Gol marcado aos 81 minutos de jogo 81'
Schiavio Gol marcado aos 95 minutos de jogo 95'
relatório Puč Gol marcado aos 76 minutos de jogo 76' Público: 50 000
Árbitro: SuéciaSUE Ivan Eklind
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Itália
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Tchecoslováquia

Vencedor[editar | editar código-fonte]

Campeão da Copa do Mundo FIFA de 1934
Flag of Italy (1861-1946).svg
Itália
Primeiro Título

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
Luis Monti e Raimundo Orsi, dois dos argentinos que jogaram (e foram campeões) pela Itália em 1934. Monti é o único jogador que jogou finais de Copa por países diferentes.
  • O jogador Luis Monti, campeão pela Itália, é o mesmo Monti que ficou com o vice-campeonato pela Argentina quatro anos antes. Descendente de italianos, ele foi para a Europa a convite de Mussolini, que queria reforçar a Azzurra com sul-americanos filhos de italianos. Pelo mesmo motivo, o ex-corintiano Filó também defendeu a seleção italiana, usando seu sobrenome Guarisi. Com isso, ele se tornou o primeiro brasileiro a ser campeão mundial de futebol. Além de Monti e Guarisi, a seleção italiana contava com os naturalizados Enrique Guaita, Raimundo Orsi e Attilio Demaría, ambos argentinos. Demaría, como Monti, também defendera a Argentina em 1930, mas em ambas as Copas não chegou a jogar nas finais.
  • Apesar de ser sede do Mundial, a Itália teve de disputar as Eliminatórias. Venceu a Grécia por 4 x 0 em Milão.
  • A Palestina disputou as Eliminatórias. Na época, Israel ainda não havia sido criado e a Palestina era uma nação de árabes e judeus. Porém, apenas os judeus integraram a seleção que foi desclassificada pelo Egito.
  • Como o Brasil, a Argentina também foi para a Itália com uma seleção fraca. Os grandes clubes do país haviam se profissionalizado e criado uma liga não-reconhecida pela FIFA. Assim, os platinos foram representados por jogadores amadores, vindo de clubes como Dock Sud, Sarmiento, Defensores de Belgrano e Desamparados.
  • Como na edição anterior em 1930, todos os vencedores de jogos eliminatórios foram conhecidos nos 90 minutos regulamentares, foi nessa Copa que ocorreu a primeira prorrogação da história. No jogo Áustria e França nas oitavas-de-final, houve empate em 1-1 após os 90 minutos. Na prorrogação a Áustria chegou a fazer 3-1. A França diminuiu, e apertou o time austríaco até o fim da prorrogação sem conseguir o empate. Resultado: 3-2 para a Áustria, que foi para as quartas-de-final.
  • Nesta Copa também ocorreu o primeiro jogo desempate da história das Copas. Itália e Espanha empataram em 1-1 após a prorrogação. Dois dias depois, as duas equipes vieram a campo com desfalques. Principalmente a Espanha, que não pôde contar com o goleiro e capitão Ricardo Zamora, que, de tanto apanhar no primeiro jogo, não teve como jogar o desempate. Resultado: 1-0 para os italianos, que foram às semifinais.
  • Na disputa do 3º lugar entre Alemanha e Áustria, as seleções não haviam levado jogo de uniformes reserva (ambas equipes eram alvinegras). Os austríacos, então, usaram a camisa do Napoli.
  • Waldemar de Brito, brasileiro que perdeu o pênalti contra a Espanha, foi o responsável por descobrir Pelé no Bauru Atlético Clube e levá-lo ao Santos Futebol Clube em 1956.
  • O Uruguai, campeão da edição anterior, não defendeu seu título por ressentimento dos europeus, que não haviam prestigiado a Copa de 1930.

Brasil Brasil na Copa[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal Brasil na Copa do Mundo de 1934.

Flag of Portugal.svg Portugal na Copa[editar | editar código-fonte]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Representante da África[editar | editar código-fonte]

Representantes da América[editar | editar código-fonte]

Representantes da Europa[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Jogou jogo de desempate. A Itália ganhou de 1-0.