Coacervado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coacervado

Coacervado é um aglomerado de moléculas proteicas envolvidas por água em sua forma mais simples. Acredita-se que essas tenham sido as primeiras formas de vida a surgir na Terra. Essas moléculas foram envolvidas pela água devido ao potencial de ionização presente em alguma de suas partes e por isso, é muito provável que tenham surgido no mar.

A Teoria de Oparin diz que existiam coacervados formados a partir de ligação entre compostos orgânicos que teriam se originado no mar com o tempo (Abiogênese). Os mais instáveis quebraram e se desfizeram. Outros uniram-se de outras formas e a moléculas inorgânicas, formando coacervados complexos. É possível que em algumas dessas milhares de combinações que podem ter ocorrido, alguns coacervados tenham se tornado mais estáveis.[1]

Ao mesmo tempo, formou-se no oceano um caldo quente composto por coacervados e outros tipos de matéria orgânica, assim como substâncias inorgânicas. Isso possibilitou a sobrevivência dos coarcevados,que precisavam de energia inicialmente obtida dos raios ultravioleta e descargas elétricas e posteriormente passou a ser obtida de forma bioquímica (açúcares, matéria orgânica em geral). Inicialmente, os coacervados eram circundados por uma membrana de estrutura simples. Porém, com o passar do tempo, progressivamente essa membrana foi se tornando especializada, com isso permitindo um controle melhor da entrada e saída de substâncias.


Referências

  1. Stephen J. Dick, “The Biological Universe”, 1999, pg.340.
Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.