Colégio Tiradentes da PMMG - Lavras

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
CTPM
Colégio Tiradentes da PMMG
Lema Educar é uma Arte
Fundação 13 de fevereiro, 1964
Tipo de instituição Colégio Militar
Total de estudantes 980
Diretor(a) Elza Mansur Botelho
Página oficial CTPM - Lavras
Instituições de ensino superior do Brasil Brasil

Colégio Tiradentes da Polícia Militar - CTPM - é um colégio brasileiro de ensino fundamental e ensino médio, com quase 50 anos de fundação, situado no município mineiro de Lavras. Com o lema "educar é uma arte", foi criado pela necessidade de oferecer educação básica a militares e seus dependentes naquela região.

História[editar | editar código-fonte]

No ano de 1949 foi criado o Ginásio Tiradentes da Polícia Militar - PMMG, com o objetivo de oferecer educação aos militares e seus dependentes. O colégio de Lavras, foi idealizado em agosto de 1963, durante uma instrução a um grupo de sargentos, ocasião em que se discutiu algumas dificuldades dos militares em obter educação, bem como a necessidade de instrução para seus dependentes.[1]

Como nos colégios militares o comandante é o responsável pela organização administrativa dos colégios e os demais segmentos se subordinam hierarquicamente ao seu comando, a proposta foi levada ao Tenente Coronel Antônio Norberto dos Santos, então Comandante do 8º Batalhão de Infantaria, o qual designou uma comissão para implementação dos trabalhos, que se encerrou com a inspeção de Hélio de Andrade, Inspetor Federal.[1]

A Instituição Colégio Tiradentes, foi registrado em Ata em 13 de fevereiro de 1964, empossada a primeira Diretoria[1] :

  • Diretor: Capelão Pe. Carlos Zirke;
  • Secretário: Prof. Roussaulière Mattos;
  • Tesoureiro: Aspirante Galiano de Lima;
  • Funcionários: Sgt. Moacir de Souza, Sgt. José Hilário da Silva e Sd. Valder Linhares.

As atividades estudantis tiveram início em primeiro de março de 1964[1] com apenas três turmas da 1ª Série, sendo uma composta somente de militares, outra só de meninos e a terceira só de meninas.

Hoje a infra-estrutura é constituída em um área de aproximadamente dez mil metros quadrados, com vinte salas de aula, duas salas de vídeo, um anfiteatro, quatro laboratórios sendo um de Biologia e Ciências, Química, Física e de Informática, uma Biblioteca, uma sala para Fanfarra, Almoxarifado, Secretaria, Sala dos Professores e sala de meios.

Diretores que passaram pelo Colégio Tiradentes da PM[editar | editar código-fonte]

  • De 1964 a 1966 - Pe. Tito Zirke
  • De 1966 a 1967 - Pe. Sérgio Marques Hemkemeier
  • De 1967 a 1968 - Roussaulière Mattos
  • De 1969 a 1970 - 1º Ten. Wellington Guimarães
  • De 1973 a 1974 - Georgete Mansur Mattos
  • De 1975 a 1976 - 1º Ten. Alcides Luiz Viana
  • De 1977 a 1978 - Laura Veiga Cunha
  • De 1979 a 1984 - Georgete Mansur Mattos
  • De 1985 a 1987 - Pe. Fábio Rômulo Reis
  • De 1987 a 1990 - Cel. QOR Paulo Kosky Rosa
  • De 1991 a 1993 - Sebastião Teixeira Campos
  • De 1994 a 1997 - Conceição Aparecida de Carvalho
  • De 1998 a 2001 - Cel. QOR Antônio Eustáquio Santos
  • De 2001 a 2008 - Maria Aparecida Maciel Ramos
  • A partir de Janeiro de 2009 - Elza Mansur Botelho

Qualificação de Ensino[editar | editar código-fonte]

Alunos do Colégio Tiradentes da PM em Lavras são destaques na cidade e entre os colégios da PM em Minas Gerais.

  • Na cidade: 1º Lugar provando a qualidade de ensino e sucessivos resultados nos vestibulares.
  • Entre os Colégios Tiradentes da PM: 2º Lugar, deixando o 1º Lugar para a Sede CTPM-Passos, em 2012.[2]
  • Minas Gerais: 9ª melhor escola do Estado de Minas Gerais, dados qualitativos e fiscalizados em Ata pelo Comando Regional e Secretaria de Educação do Estado, em 2007.
  • Na avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) 2009 o Colégio Tiradentes, ficou em 1° lugar entre as escolas estaduais e municipais de Lavras.
  • A melhor nota do ENEM, das Escolas Estaduais da cidade de Lavras em 2009, com média 613,13
  • IDEB 2009 obteve nota de 7,1 e IDEB de 2011 obteve nota de 7,5 - que é a mesma estimada nota média da Finlândia[3]
  • No ENEM de 2010 se destaca como acima da média (554,06 pontos), alcançando 627,34 pontos.[4] [5]
  • Segundo dados do ENEM, ficou como melhor escola pública estadual, ficando também entre as melhores no cenário nacional em 2011[6] [7] acima da média nacional, com média 573,07 (2016º) em 2011[8]
  • Destaque em olimpíadas de matemática entre 12 município participantes. [9]
  • Certificado de Destaque da Educação Mineira, em 2012.[2]
  • Destaque na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas, em 2013.[10]

Referências