Colistina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colistin.svg

Colistina é um antibiótico polipeptídio cíclico extraído do Bacillus colistinus.[1]

Uso veterinário[editar | editar código-fonte]

A colistina é um dos antibióticos mais potentes para combater infecções por Escherichia coli especialmente entre suínos com quadros grave de diarreia. A Colistina atua alterando a permeabilidade celular do agente infeccioso exercendo rápida ação bactericida. Dentro do uso veterinário é utilizado para tratar animais infectados por Pseudomonas aeruginosa, Escherichia coli e Salmonella sp que acometem os suínos principalmente em sua fase de pós-desmame.[2]

Uso medicinal[editar | editar código-fonte]

Na medicina é utilizado em alguns casos para tratar infecções hospitalares provocadas por cepas de bactérias multi-resistentes tais como algumas cepas da Pseudomonas aeruginosa responsáveis por infecções urinárias, pulmonares e de tecidos, ossos e articulações em pacientes suceptíveis à bactéria.[3]

Referências

  1. COLISTINA - Dicionário Digital de Termos Médicos PDAMED. Página visitada em 2009-01-24.
  2. COLISTINA Pig-Pump UniQuímica. Página visitada em 2009-01-24.
  3. Érico Antônio Gomes de Arruda. (set-out, 1998). "Infecção hospitalar por Pseudomonas aeruginosa multi-resistente: análise epidemiológica no HC-FMUSP". Revista da Sociedade Brasileira da Medicina Tropical 31 (3): 503-504.