Complacência pulmonar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A complacência dos pulmões é o grau de extensão dos pulmões para cada aumento da pressão transpulmonar. Em um adulto a complacência total é cerca de 200 mililitros de ar para cada centímetro de pressão de água.[1] [2]

  • fibrose está associada com uma diminuição da complacência pulmonar.
  • enfisema/DPOC estão associados com um aumento da complacência pulmonar.

Surfactante pulmonar aumenta a complacência.

A complacência é maxima em volumes pulmonares moderados, e muito baixa em volumes que são muito baixos ou muito altos.

Cálculo[editar | editar código-fonte]

A complacência pulmonar é calculada usando a seguinte equação, onde ΔV é a mudança no volume e ΔP é a mudança na pressão:

C =  \frac{ \Delta V}{ \Delta P}

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Hall, John E.; Hall, John E.; Guyton, Arthur C.; Guyton, Arthur C.. Tratado de Fisiologia Médica - 11ª Edição. [S.l.]: Editora Elsevier, 2006. ISBN 9788535216417
  2. http://oac.med.jhmi.edu/res_phys/Encyclopedia/Compliance/Compliance.HTML

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Fisiologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.