Dalmática

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Diácono católico usando uma dalmática

Dalmática é o traje litúrgico próprio do diácono na Igreja Católica. É colocada sobre a alva (túnica) e a estola. É utilizada na celebração da missa[1] [2] .

Aberta dos lados, tem as mangas largas e curtas. O seu nome deriva de peça luxuosa de vestuário usada na Dalmácia (região ao sul da Europa), por volta do século II, adotada então pelos romanos.

Uso pela igreja[editar | editar código-fonte]

A Igreja Cristã adotou a dalmática como veste litúrgica nas missas solenes para os clérigos encarregados de ler a epístola e o evangelho, por uma iniciativa do Papa Silvestre I (314 a 335), considerando que no tempo de São Cipriano, bispo de Cartago (249 a 258), já era uma veste usada no serviço do altar. Por ordem do Papa Eutiquiano (275 a 283), os mártires eram enterrados vestidos com dalmáticas.

Referências

  1. Dalmática. Salvem a Liturgia
  2. Dalmática. Dicionário Católico
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dalmática