Danilo Kiš

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

[[1]]

Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Danilo Kiš foi um escritor iugoslavo/sérvio.

Danilo Kiš nasceu em Subotica, na antiga Iugoslávia, filho de Eduard Kiš e Milica Kiš. Durante a Segunda Guerra Mundial, ele perdeu o pai e grande parte de sua família nos campos de concentração nazistas.

Kiš estudou literatura na Universidade de Belgrado e se formou em 1958. Em 1962, ele publicou seus dois primeiros romances Mansarda e Psalam 44. Nos anos seguintes, Danilo Kiš recebeu um grande número de prêmios nacionais e internacionais por seus trabalhos em prosa e poesia. Passou a maior parte de sua vida em Paris, de onde traduziu poetas húngaros e russos para francês e verteu para servo-crota escritores franceses como Ossip Mandelstam,Baudelaire, Verlaine, entre outros.

Foi nomeado para o prêmio Nobel de Literatura em 1989, mas um câncer de pulmão causou sua morte em outubro deste mesmo ano. No Brasil, sua obra mais conhecida é Basta, Pepeo - publicada pela Companhia das Letras em 1986 sob o título de Jardim, Cinzas.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.