Darbuka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde agosto de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Darbuka turca de metal

A darbuka, doumbek ou derbak é um membranofone tradicional na música árabe, tendo parentesco com o djembe do oeste africano. O derbake também é considerado um dos instrumentos principais dos conjuntos árabes. Como fornece uma base rítmica, tem por função dar a estrutura para toda a música.

O termo derbake, derbak, durbak, ou dirbakki, independentemente da pronúncia ou da escrita, é comumente utilizado em países como Síria, Líbano, Jordânia e Israel.

No Egito, o instrumento recebe o nome de tabla e possui uma pele de 15 cm de diâmetro. Na Turquia o nome é Darbuka e pode ser encontrado também com uma estrutura diferente do instrumento tradicional. O instrumento pode possuir os aros e parafusos de afinação no exterior do instrumento.

Dunbug ou tabla iranana é o nome que a darbuka recebe no Iraque, porém sua pele possui apenas 3 cm de diametro. Muito utilizada nos tradicionais Khaleeges.

Material[editar | editar código-fonte]

Pode ser construido de barro ou madeira com peles de couro de peixe ou carneiro. Os mais modernos são construidos de alumínio fundido com pele de nylon sintético, dependendo da sua frequente utilização ou do gosto do músico.

Antigamente, os músicos utilizavam-se do derbake apenas de madeira ou barro, e revestimento em pele de animal. Porém, com a frequente necessidade de utilização do instrumento com uma melhor afinação, em diversos tipos de climas, construiu-se um instrumento de estrutura de alumínio e pele artificial, pois a afinação é mantida independente do clima da região, não precisando aquecer a mesma para obter uma afinação mais adequada.

Som[editar | editar código-fonte]

O instrumento de percussão se caracteriza pela sua variação de belos e encantadores sons, formados pelos seus extremos sonoros.

O solo de derbake é composto de ritmos e marcações. Extremos altos e baixos no aspeto velocidade e sonoridade, onde as variações de possíveis brincadeiras do músico dão as nuances na melodia. É em seu solo que a bailarina e o músico se desafiam para assim formarem uma bela apresentação.

É um instrumento complementar das bandas árabes por dar o ritmo à musica.

Modelos[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um Instrumento musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.