E.T. the Extra-Terrestrial (Atari 2600)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
E.T. the Extra-Terrestrial
Etvideogamecover.jpg
Produtora Atari
Editora(s) Atari
Plataforma(s) Atari 2600
Data(s) de lançamento North America 1982
Modos de jogo Single Player
Número de jogadores 1
Classificação E
Média Cartucho
Controles Joystick

ET - The Extra-terrestrial foi um jogo de Video game lançado pela Atari, em 1982, para Atari 2600.

Nele, o jogador controla o famoso alienígena do filme original, que tem por objetivo encontrar as peças de sua nave espacial, e assim voltar para casa.

Foi um jogo considerado difícil e bastante criticado por possuir uma arquitetura de jogo complexa, o que frustrou grande parte dos jogadores de videogame de seu tempo. Por exemplo, sem a ajuda do manual de instruções ficava muito difícil ao jogador entender a real proposta do jogo, e assim terminá-lo.

Devido a esta dificuldade em entender a real proposta do jogo, o game é considerado o maior fracasso da história dos videogames, o que ocasionou o estopim do Crash dos videogames de 1983. A Atari esperava que com o boom do filme, as vendas de Natal do console e do game iriam bater todos os recordes; mas o que se viu foram quase 5 milhões de cartuchos do jogo encalhados. O fracasso foi tão grande que a Atari resolveu enterrar os cartuchos encalhados no Novo México, além de ser um dos maiores causadores da bancarrota da empresa em meados de 1983.

Recentemente o local donde foram enterrados tais cartuchos foram escavados, e ira se tornar parte de um documentário sobre a crise dos videogames da época.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Depois do grande sucesso do filme E.T. - O Extraterrestre, Steve Ross, CEO da companhia mãe da Atari, Warner Communications, entabulou conversações com Steven Spielberg e a Universal Pictures para obter os direitos necessários para produzir um videogame baseado no filme. No final de julho, Warner anunciou que tinha adquirido os direitos mundiais em exclusiva para o mercado dos jogos de recreativos e de videogame baseados em E.T.: O extraterrestre.[1] Mesmo que os detalhes pontuais da transação não se fizeram públicos no anúncio, era especulado que a Atari tinha pago de 20 a 25 milhões de dólares pelos direitos que na époa era um valor enorme.[2] [3] Quando Ross perguntou a Ray Kassar, CEO de Atari, que pensava sobre fazer um jogo baseado em E.T., este replicou “Acho que é uma idéia estúpida. Nunca fizemos um jogo de ação a partir de um filme” No entanto, a decisão não dependia de Kassar, e o plano continuou. A tarefa de desenhar e programar o jogo foi oferecida a Howard Scott Warshaw a petição de Spielberg, satisfeito com seu trabalho anterior na adaptação do filme Raiders of the Lost Ark (Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida).[4] Também se pensou em realizar um jogo para recreativas, mas se considerou que era impossível cumprir essa data de entrega. Warshaw aceitou o encargo e acreditam que lhe ofereceram 200 000$ e uma férias com todas as despesas pagadas no Hawaii em compensação.[5] Por causa das prolongadas negociações para assegurar a concessão da forma para realizar o videogame só restavam cinco semanas para o dia 1 de setembro, a data de entrega necessária para poder vender na campanha de Natal. Como comparação Raiders of the Lost Ark demorun sete meses de desenvolvimento. A idéia era fazer de E.T. um jogo no estilo de Pac-Man, mas Warshaw a rejeitou para tentar algo mais original. Warshaw tratou de construir mais um jogo baseado na história para tentar capturar algo das emoções do filme original, mas finalmente acabou desprezando algumas de suas idéias devido à proximidade da data de entrega. O design básico se completou em dois dias, e o jogo ficou com 6.5 KB.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Atari Gets 'E.T.' Rights"
  2. Keith, Phipps (02-02-2005). Interview: video-game creators - Howard Scott Warshaw. A.V. Club. Página visitada em 01-07-2006.
  3. Kent, The Ultimate History of Video Games, p. 237.
  4. Stilphen, Scott. DP Interviews...Howard Scott Warshaw. Digital Press. Página visitada em 29-06-2006.
  5. "Many Video Games Designers Travel Rags-to-Riches-to-Rags Journey"

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.