Edgar Estrada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrada
Informações pessoais
Nome completo Edgar Eladio Estrada Solís
Data de nasc. 16 de Novembro de 1967 (46 anos)
Local de nasc. Cidade da Guatemala,  Guatemala
Altura 1,87 m
Apelido El Gato
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Goleiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
1987-1994
1995-2001
2001-2002
2002-2005
2005-2006
2007-2008
Aurora
Comunicaciones
Municipal
Comunicaciones
Suchitepéquez
Petapa





Seleção nacional
1995-2003 Flag of Guatemala.svg Guatemala 80 (0)

Edgar Eladio Estrada Solís (Cidade da Guatemala, 16 de novembro de 1967) é um ex-futebolista guatemalteco que atuava como goleiro. É um dos futebolistas mais conhecidos de seu país, ao lado de Dwight Pezzarossi e Juan Carlos Plata.


Carreira em clubes[editar | editar código-fonte]

El gato, como era conhecido, começou a carreira em 1987, ao serviço do Aurora, tendo defendido esta agremiação até 1994, quando transferiu-se para o Comunicaciones, principal clube da Guatemala. Lá, tornou-se ídolo da torcida rapidamente, tendo jogado entre 1994 e 2001, quando deixou o clube pela primeira vez.

A passagem pelos rivais[editar | editar código-fonte]

Após deixar o Comunicaciones, Estrada surpreendeu ao assinar com o Municipal, maior rival de Los Cremas, sendo um dos poucos jogadores que defenderam os maiores rivais do futebol guatemalteco. Nos Reds, o goleiro teve uma passagem bastante tímida, que durou uma temporada, selando a sua volta ao Comunicaciones em 2002.

Em Los Cremas, ele novamente caiu nas graças da torcida, sendo um líder debaixo das traves. Estrada deixou definitivamente a agremiação em 2005, aos 37 anos.

Final de carreira[editar | editar código-fonte]

Nos últimos anos de sua carreira, El gato defendeu dois clubes de pequeno porte da Guatemala: o Suchitepéquez, entre 2006 e 2007, e o Petapa, seu último time na carreira, encerrada em 2008, aos 40 anos.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Estrada defendeu a Seleção Guatemalteca de Futebol entre 1995 e 2003, tendo atuado em cinco edições da Copa Ouro da CONCACAF. Em 2001, levou cinco gols da Costa Rica - esta goleada minou as chances da Guatemala em disputar a Copa de 2002. El Gato deixou o selecionado em 2003, sendo sucedido por Ricardo Tato Trigueño.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de GuatemalaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas guatemaltecos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.