Eleições parlamentares europeias de 2009 (Reino Unido)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Flag of Europe.svg
Flag of the United Kingdom.svg

As eleições parlamentares europeias de 2009 no Reino Unido foram realizadas em 4 de julho, para escolher 72 deputados do Parlamento Europeu e 34 Governos municipais da Inglaterra.

O pleito[editar | editar código-fonte]

Os colégios eleitorais do país abriram às 0h e fecharam às 15h. No Reino Unido, a votação ao Parlamento Europeu ficou em segundo plano em relação às municipais parciais, que -embora também deva ter tido baixa participação- são vistas como um termômetro do apoio do eleitorado ao Governo trabalhista de Gordon Brown.[1]

Projeções[editar | editar código-fonte]

Tanto nas eleições europeias como nas municipais, as pesquisas de boca de urna preveem a derrota do partido do primeiro-ministro, cujo futuro político depende em parte do tamanho desse fracasso previsto nas enquetes e do apoio que terá na legenda.

Em nível europeu, as pesquisas publicadas previam que os trabalhistas não passarão de 16% dos votos, número largamente superado pelos conservadores, com 30%, e o antieuropeu Partido pela Independência (Ukip), com 19%.[2]

Referências