Eleições parlamentares europeias de 2009 (Espanha)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Flag of Europe.svg
Flag of Spain.svg

As eleições parlamentares europeias de 2009 na Espanha foram realizadas em 7 de junho.

Resultados e participação[editar | editar código-fonte]

O conservador Partido Popular (PP), o principal partido da oposição, venceu com 42,03% dos votos, contra o partido do governo, o Partido Socialista (PSOE), que obteve 38,66%. Com isso, o PP obtém 23 lugares na câmara europeia, enquanto que o PSOE fica com 21 deputados. A Coalizão pela Europa, que engloba os partidos nacionalistas de centro-direita, e a coalizão de Esquerda IU-ICV, elegeram representantes para duas cadeiras cada. A União, Progresso e Democracia (UPD) terá um deputado no Parlamento Europeu, assim como a coalizão Europa dos Povos-Verdes, formada por nacionalistas de esquerda. O índice de participação foi de 45,81%, muito similar ao do pleito de 2004 e a média no conjunto dos países do bloco.

Fonte[editar | editar código-fonte]