FC Alania Vladikavkaz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Alania Vladikavkaz
Nome Football Club Alania Vladikavkaz
Alcunhas Leopardos da neve
de Alania
Fundação 1921 (93 anos)
Extinção 2014
Estádio Republican Spartak Stadium, Rússia Vladikavkaz
Capacidade 32.464 torcedores
Localização  Rússia
Presidente Rússia Alexander Stelmakh
Treinador Rússia Vladimir Shevchuk
Material esportivo Estados Unidos Nike
Competição Segunda Divisão russa
Kit left arm lens0506h.png Kit body lens0506h.png Kit right arm lens0506h.png
Kit shorts usa10h.png
Kit socks.png
Uniforme
titular
Kit left arm thinredborder.png Kit body dinamo0708a.png Kit right arm thinredborder.png
Kit shorts vie10h.png
Kit socks.png
Uniforme
alternativo
editar

FC Alania Vladikavkaz - em Russo, Футбольный клуб «Алания» Владикавказ- é um clube de futebol de Vladikavkaz (antiga Ordzhonikidze), na região russa da Ossétia do Norte-Alânia.

Alania significa "Terra dos Alanos", povo bárbaro iraniano que deu origem, entre outros povos, aos ossetas; Vladikavkaz, nome da cidade do clube, significa em russo "Cáucaso do Leste". O uniforme possui as cores da bandeira das Ossétias: camisa listrada verticalmente em amarelo e vermelho (mesma cor das meias) e calça branca.

Conquistou o campeonato russo de 1995 (quando chamava-se Spartak-Alania, contando em seu elenco Syarhey Harlukovich e Omari Tetradze, jogadores da Seleção Russa da Copa de 94), sendo, até 2002, o único clube (além do "bicho-papão" Spartak Moscou), a ganhar a competição, da qual foi vice nas edições de 1992 e 1996.

O clube, entretanto, perdeu força após a saída do técnico Valeræ Gæzzaty, ex-jogador do clube e da seleção soviética, e foi rebaixado à segunda divisão russa em 2005.

A exclusão da Segunda Divisão Russa[editar | editar código-fonte]

Em 2006, o Alania disputaria a Segunda Divisão após o rebaixamento no ano anterior. Contudo, o clube, ao lado do Lokomotiv Chita, tiveram suas licenças profissionais impugnadas e excluídos do futebol profissional por irregularidades juridiciais. Em 22 de fevereiro, a PFL decidiu substituir Alania e Lokomotiv por Lada e Mashuk, vice-campeão na Terceira Divisão. A Federação Russa de Futebol não endossou a exclusão e em 28 de fevereiro decidiu manter Alania e Lokomotiv na segundona, dando-lhes uma nova oportunidade para cumprir as exigências. Assim, em 6 de março, a PFL decidiu aumentar o número de clubes, incluindo o Alania, o Lokomotiv, o Lada e o Mashuk.

No entanto, em 20 de março, a Federação Russa de Futebol finalmente decidiu excluir Alania e Lokomotiv da liga. Esta decisão foi anunciada pela Liga de Futebol Profissional, em 21 de março, cinco dias antes do início do torneio.

Com a punição, o Alania passou a ser renomeado "Spartak Vladikavkaz" e a 4 de abril foi admitido na Terceira Divisão-Sul.

Depois de terminar em primeiro lugar, o time foi promovido para a Segunda Divisão e voltou a se chamar Alania.

Perda de patrocínio e falência[editar | editar código-fonte]

A empresa que patrocinava o clube suspendeu a verba, os jogadores chegaram a ficar cinco meses sem receber salários e alguns haviam deixado o clube. Segundo o diretor de futebol do clube, eles disputaram jogos com empréstimos bancários.

Em fevereiro de 2014, o Alania brigava por uma vaga no play-off de acesso da Segunda Divisão russa quando foi decretada sua falência por problemas financeiros.[1] [2] Antes, o Salyut Belgorod havia desistido da competição pelo mesmo motivo.

Estádio[editar | editar código-fonte]

O estádio onde o Alania mandava os seus jogos era o Republican Spartak Stadium. Iaugurado em 1962, sua capacidade é de 32.464 torcedores.

Principais jogadores[editar | editar código-fonte]

Referências

Bandeira de RússiaSoccer icon Este artigo sobre clubes de futebol russos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.