Falcon 9

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde dezembro de 2012). Ajude e colabore com a tradução.
Falcon 9
Um Falcon 9 v1.0 lança com a espaçonave Dragon
Um Falcon 9 v1.0 lança com a espaçonave Dragon
Função Veículo de lançamento orbital
Fabricante SpaceX
País de origem Estados Unidos
Custo por lançamento (2014) v1.1: $56.5M
v1.0: $54M - $59.5M
Tamanho
Altura v1.1: 68,4 m (224 pé)
v1.0: 54,9 m (180 pé)
Diâmetro 3,66 m (12 0 pé)
Massa v1.1: 505846 kg
v1.0:333400 kg
Estágios 2
Lançamentos totais 8
Sucessos 7
Falhanços parciais 1 (v1.0)
Um Falcon 9 logo após o lançamento.

O Falcon 9 é um veículo de lançamento descartável, desenvolvido pela SpaceX. Atualmente, ele é o único membro ativo da família de foguetes Falcon.

A combinação Falcon 9 - Dragon, venceu a concorrência para um dos contratos para o Commercial Resupply Services (CRS) da NASA, com o objetivo de reabastecer a Estação Espacial Internacional (ISS) sob o programa Commercial Orbital Transportation Services (COTS). A primeira missão de reabastecimento comercial da ISS foi lançada em 7 de Outubro de 2012. O Falcon 9, também está certificado para transporte de astronautas na fase CCiCap do programa Commercial Crew Development (CCDev).

Características[editar | editar código-fonte]

Este é um foguete de dois estágios, ambos usando RP-1 e LOX como propelentes. O Falcon 9, pode conduzir cargas úteis de até 13.150 kg em órbita terrestre baixa, e 4.850 kg em órbita de transferência geoestacionária, o que coloca o projeto do Falcon 9 na classe dos sistemas lançadores de médio porte.[1]

  • Massa (LEO): 333.400 kg
  • Massa (GTO): 332.800 kg
  • Empuxo (vácuo): 5.004 kN (556 kN cada motor)

Construção[editar | editar código-fonte]

Tanque de um Falcon 9 na fábrica da SpaceX em 2008.

O Falcon 9, usa o mesmo esquema de propulsão que havia sido usado no Falcon 1, a mesma arquitetura estrutural (com um diâmetro maior), os mesmos aviônicos e o mesmo sistema de lançamento. Nove motores Merlin no primeiro estágio e apenas um no segundo.[1]

As paredes dos tanques são feitas de liga alumínio soldadas por processo de fricção (a técnica de soldagem mais moderna existente). A seção entre estágios, é fabricada por um composto de alumínio e fibra de carbono.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre foguetes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. a b c Falcon 9 Overview SpaceX (2010). Página visitada em 28/1/2013.