Farol do Cabo Sardão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Farol do Cabo Sardão
Localização Odemira,  Portugal
Coordenadas 37° 35′ N 8° 48′ W
Inauguração 15 de Abril de 1915
Automatização Década de 1980
Altura 17 m
Altitude 68 m
Ótica lentes de Fresnel 3ª ordem 500 mm
Alcance luminoso 23 milhas náuticas
Lâmpada 1.000 W
Luz característica Fl(3) W 15 s
№ nacional 426
internacional D-2164
№ da NGA 113-3604[1]
№ da ARLHS POR-028

Farol do Cabo Sardão é um farol português que se localiza na Ponta do Cavaleiro no Cabo Sardão, freguesia de São Teotónio, na Vila de Odemira, distrito de Beja.

Trata-se de uma torre quadrangular branca, em alvenaria, com edifício anexo encimada por lanterna cilíndrica vermelha, tem 17 metros de altura.

Proposto pela primeira vez em 1883, o Farol do Cabo Sardão entrou em funcionamento apenas a 15 de Abril de 1915.

Em 1950, o farol foi electrificado com montagem de grupos electrogéneos. A fonte luminosa deixou de ser a gás de petróleo sendo substituída por uma lâmpada de 3000 watts.

Até aos anos cinquenta, o serviço de entrega e recepção de correio do farol era feito por uma estafeta, cujo vencimento era de 200$00 mensais, destinado a retribuir «16 viagens por mês, a pé, de mais de 20 quilómetros cada, e por péssimo caminho, parte dele quase intransitável no Inverno», viria pouco mais tarde a ser aumentada para 300$00.

O farol foi ligado à rede eléctrica de distribuição pública em 1984. A potência da fonte luminosa foi reduzida, sendo instalada uma lâmpada de 1000 watts.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

O Farol foi construído com a torre do lado de terra, ao contrário de todos os outros faróis com estruturas e localizações similares. Possivelmente o construtor terá usado a planta rodada de 180º.[2]

Informações[editar | editar código-fonte]

  • Aberto ao público: Sim, todas as quartas-feiras das 14H00 às 17H00[3]

Referências

  1. Cabo Sardao (em inglês). NGA - National Geospatial-Intelligence Agency NGA List of Lights - Pub. 113 - Aid No. 3604 (26 de setembro de 2009). Página visitada em 31 de agosto de 2010.
  2. Testemunho recolhido junto do faroleiro de serviço do Farol de Leça em Março de 2009
  3. Faróis abrem ao público todas as quartas-feiras. Marinha (19 de novembro de 2011). Página visitada em 23 de julho de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um farol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.