Floripa Esporte Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Floripa Esporte Clube
Voleibol Volleyball (indoor) pictogram.svg
Super Imperatriz Vôlei.png
Nome fantasia Super Imperatriz Vôlei
Cores vermelho e branco
Informações da equipe
Cidade Santa Catarina Florianópolis
País  Brasil
Liga Brasil Série A
Fundação 2005
Dissolução 2013
Ginásio Saul Oliveira (Capoeirão)
(Capacidade: 2000)
Presidente Francisco Eduardo da Luz Lins
Técnico Douglas Chiarotti
Material esportivo Brasil Olympikus
Patrocinadores Brasil Supermercados Imperatriz
Resultados
A 2012/2013 10º
Títulos conquistados Santa Catarina Campeonato Catarinense (6 vezes)
Brasil Superliga (4 títulos)
Brasil Liga Nacional (1 vez)
ContinentSouthAmerica.svg Sul-Americano de Clubes (1 vez)
Uniformes
Kit left arm.png Kit body redhorizontal.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Mandante
Kit left arm.png Kit body whitehorizontal.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Visitante
Kit left arm.png Kit body unknown.png Kit right arm.png
Kit shorts.png
Kit socks.png
Líbero

O Floripa Esporte Clube, também conhecido como Super Imperatriz Vôlei, foi uma equipe brasileira de voleibol masculino da cidade de Florianópolis, Santa Catarina. Disputava a Superliga Série A. Até 2012 era conhecido como Cimed Esporte Clube.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O Grupo Cimed, após retirar seu patrocínio da equipe da Unisul montou em 2005 um novo time na cidade de Florianópolis: [1] o Cimed Esporte Clube, gerenciado e treinado por Renan dal Zotto. Em sua primeira temporada a equipe conquistou o título da Liga Nacional, o vice-campeonato catarinense e surpreendeu quando conquistou a Superliga 2005/2006 ao vencer a série melhor de cinco contra o Telemig Celular/Minas por 3 vitórias a 2, sendo a última delas conquistada no ginásio do Mineirinho. [2]

Na temporada seguinte a equipe conquistou pela primeira vez o campeonato catarinense [carece de fontes?] e na Superliga 2006/2007 terminou com o vice-campeonato ao perder a série melhor de cinco por 3 a 1 para o Telemig Celular/Minas. [3] A equipe retomou ao topo do pódio da competição nacional na temporada seguinte, vencendo novamente o Minas, desta vez em jogo único, por 3 sets a 2. [4] Na quarta final consecutiva contra o Minas veio o tricampeonato da equipe de Florianópolis, novamente em jogo único vencido por 3 a 0. [5]

O ano de 2009 reservou grandes desafios para a equipe catarinense. A Cimed conquistou o tricampeonato catarinense, pela primeira vez sem enfrentar a Unisul na decisão. [carece de fontes?] Os comandados de Marcos Pacheco ainda conquistaram o Sul-Americano de Clubes ao bater o Brasil Vôlei Clube no tie-break da final. [6] Com essa conquista a equipe se qualificou para o Mundial de Clubes, disputado no Catar. Em sua estreia no torneio mundial os brasileiros foram derrotados pelo Paykan Teerã (1-3). [7] Na segunda rodada a equipe se reabilitou ao vencer o Al-Arabi Doha (3-1), [8] mas não conseguiu passar pelo forte time polonês do PGE Skra Belchatów (1-3) sendo eliminada na primeira fase do torneio. [9] Na Superliga, pela primeira vez sem duelar contra o Minas na final, o time conseguiu seu quarto triunfo ao superar facilmente o estreante Bonsucesso/Montes Claros por 3 sets a zero. [10]

Em 2010 a equipe conquistou o tetracampeonato catarinense, consolidando sua hegemonia no estado. [carece de fontes?] Mais uma vez qualificada para o Sul-Americano de Clubes a equipe decepcionou ao ser derrotada na decisão pelo Drean Bolívar, da Argentina, no tie-break e ficou de fora do Mundial de clubes daquele ano. [11] Na Superliga, após uma boa primeira fase na qual terminou na segunda colocação, [12] a equipe foi surpreendida nas quartas-de-final pelo Vôlei Futuro, sétimo colocado, perdendo a série melhor de três por 2 a 0 e sendo eliminada do torneio de maneira precoce. [13]

Com o fim da equipe de voleibol masculino do Pinheiros a Cimed recebeu o apoio da Sky e pela primeira vez pode contar com estrelas do voleibol, como Giba e Gustavo. [14] Porém, devido a um problema de fratura por estresse na tíbia, Giba não pode disputar nenhum jogo pela equipe catarinense. [15] Após terminar a primeira fase na terceira colocação a equipe decepcionou novamente e foi eliminada novamente nas quartas-de-final; desta vez pelo Vivo/Minas, maior rival da maior parte de suas conquistas da Superliga. [16]

O resultado obtido na temporada 2011/2012, juntamente com o fraco desempenho do Pinheiros/Sky nas duas temporadas anteriores, levou a Sky a retirar seu patrocínio ao voleibol. [17] A equipe ficou então com o futuro incerto, provocando seu desmanche com a saída de diversos jogadores para outros clubes, como Giba (para o Personal Bolívar, da Argentina [18] [19] ), Gustavo (para o Canoas Vôlei [20] ), Éder (para o Sesi-SP), entre outros. [21] Em 20 de abril de 2012 o Grupo Cimed anunciou o fim de seus investimentos na equipe de voleibol. [22] [23]

Após um período de incertezas o projeto gerenciado por Renan dal Zotto conseguiu o apoio da rede Supermercados Imperatriz, surgindo assim o Super Imperatriz Vôlei. [24] [25] [26]

Títulos conquistados[editar | editar código-fonte]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Temporada 2012/2013[editar | editar código-fonte]

Super Imperatriz Vôlei - Temporada 2012/2013

Volleyball Half Court.png

Rafael
# 20
Bernardo
# 8
Dirceu
# 7
Léo
# 3
Felizardo
# 10
Gelinski
# 17
Thales
# 4
DIRETORIA
Presidente Francisco Eduardo da Luz Lins
Vice-presidente
Diretor Marcelo Vanzelotti
Gerente
Supervisor Marcelo Vanzelotti
COMISSÃO TÉCNICA
Técnico Douglas Chiarotti
Assistente técnico Renato Lúcio Soares Júnior
Auxiliar técnico
Preparador físico Renato Sérgio Bacchi
Fisioterapeuta Matheus Cardoso dos Santos
Médico Luís Fernando Fuchal
Massagista Kleevansostins Cícero Albuquerque

Relacionados para disputar a Superliga Série A 2012/2013 pelo Super Imperatriz Vôlei [27] :

# Nome Apelido Nascimento Altura (cm) Peso (kg) Nacionalidade Posição
2 Robson Tadeu de Fázio Bob 25 de abril de 1979 208 91  Brasil Oposto
3 Leonardo João Bosco Dall Agnol Léo 25 de novembro de 1986 193 88  Brasil Ponta
4 Thales Gustavo Hoss Thales 27 de abril de 1989 187 80  Brasil Líbero
5 Ariel Kleverson da Cruz Ariel 28 de maio de 1995 174 70  Brasil Líbero
6 Roosewelt de Oliveira Vasconcelos Filho Roosewelt 12 de outubro de 1984 206 94  Brasil Central
8 Bernardo Wilvert Reitz Bernardo 04 de janeiro de 1991 203 103  Brasil Central
9 Felipe Quaresma de Ávila Martins Rosa Quaresma 05 de fevereiro de 1991 199 96  Brasil Levantador
10 Renato Felizardo Felizardo 07 de abril de 1978 200 99  Brasil Central
11 Thiago Antônio Machado Thiagão 19 de janeiro de 1986 200 99  Brasil Ponta
12 Gustavo Folle Weber Folle 17 de dezembro de 1982 204 95  Brasil Central
14 Bernardo Krebs Strelow 08 de novembro de 1988 183 80  Brasil Levantador
17 Thiago Gelinski Gelinski 24 de junho de 1987 193 95  Brasil Levantador
18 Marcos Aurélio Cordeiro Marcão 20 de janeiro de 1987 195 106  Brasil Ponta
20 Rafael Rodrigues de Araújo Rafa 13 de junho de 1991 207 96  Brasil Oposto

Temporadas anteriores[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Estadao.com.br (18 de agosto de 2005). Vôlei: Renan volta ao cargo de técnico (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  2. UOL Esporte (29 de abril de 2006). Cimed vence Minas e é campeão da Superliga masculina (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  3. UOL Esporte (28 de abril de 2007). Minas vence e é o maior campeão da história da Superliga (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  4. UOL Esporte (20 de abril de 2008). Cimed supera Minas no tie-break e é bicampeã da Superliga masculina (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  5. UOL Esporte (19 de abril de 2009). Nova seleção vence antecessores, e Cimed conquista 3º título da Superliga (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  6. UOL Esporte (11 de outubro de 2009). Cimed fatura Sul-Americano, garante vaga no Mundial e desabafa (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  7. UOL Esporte (3 de novembro de 2009). Apática, Cimed é surpreendida por time iraniano na estreia no Mundial (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  8. UOL Esporte (4 de novembro de 2009). Cimed se recupera, vira sobre o Al-Arabi e respira no Mundial de clubes (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  9. UOL Esporte (5 de novembro de 2009). Cimed perde de novo e é eliminada na 1ª fase do Mundial de Clubes (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  10. UOL Esporte (1 de maio de 2010). Catarinenses tomam Ibirapuera, Cimed bate Montes Claros e leva o tetra na Superliga (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  11. Terra (1 de novembro de 2010). Cimed perde para time argentino na final do Sul-Americano (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  12. UOL Esporte (18 de março de 2011). Bruninho volta, Cimed encerra jejum e fica em 2º; veja definição de playoffs (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  13. UOL Esporte (25 de março de 2010). Vôlei Futuro vai à semi e encerra hegemonia da Cimed; Sada elimina Pinheiros (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  14. UOL Esporte (16 de maio de 2010). Cimed/Sky oficializa parceria e camisa 7 de Giba vira 'problema' e marketing (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  15. UOL Esporte (16 de dezembro de 2011). Lesão na tíbia tira ponteiro Giba das quadras por 45 dias (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  16. UOL Esporte (31 de março de 2012). Minas vence a Cimed de virada e volta à semifinal da Superliga masculina (em português). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  17. Diário Catarinense (13 de maio de 2012). Sky não renova patrocínio com a Cimed e futuro do time ainda será discutido (em português). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  18. Olé (13 de maio de 2012). ¡Giba a Bolívar! (em espanhol). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  19. Lance!net (13 de maio de 2012). Giba deixa o Brasil e acerta com time argentino (em português). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  20. Terra (20 de julho de 2012). Campeão Olímpico, Gustavo Endres é apresentado pelo Apav/Canoas (em português). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  21. Diário Catarinense (14 de abril de 2012). Sem Sky, dirigente admite desmanche, mas confia na manutenção da Cimed (em português). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  22. Diário Catarinense (20 de abril de 2012). Cimed anuncia o fim do time de vôlei em Florianópolis (em português). Visitado em 9 de agosto de 2012.
  23. Terra (20 de abril de 2012). Grupo Cimed anuncia fim de investimentos na equipe de vôlei (em português). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  24. Gazeta Esportiva.Net (4 de setembro de 2012). Super Imperatriz será o novo representante do vôlei de Florianópolis (em português). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  25. Notícias do Dia Online (3 de setembro de 2012). Florianópolis apresenta novo time de vôlei para a temporada (em português). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  26. Terra (20 de abril de 2012). Super Imperatriz será o novo representante do vôlei de Florianópolis (em português). Visitado em 10 de novembro de 2012.
  27. VôleiBrasil.org. Equipes - Masculino - Super Imperatriz Vôlei (em português). Visitado em 9 de novembro de 2012.
  28. VôleiBrasil.org. CBV - Superliga - Cimed/Sky (Equipe) (em português). Visitado em 30 de janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]