Fretless

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Baixo fretless.

Fretless refere-se a uma guitarra ou a um baixo em que não há trastes. O baixo fretless é muito popular no Jazz, Funk e R&B.

Instrumentos fretless[editar | editar código-fonte]

Instrumentos fretless são basicamente versões modificadas de instrumentos fabricados originalmente com trastes, e estes podem ser removidos pelo propretário do instrumento ou por um luthier profissional. Os luthiers e as fábricas também fabricam esses instrumentos sem trastes no caso das fábricas são denominados como uma linha custom.

Baixos fretless são muito mais comuns do que guitarras do mesmo gênero.

Utilizadores[editar | editar código-fonte]

Dentre os músicos que utilizam guitarras fretless estão Steve Vai (em apresentações ao vivo), Frank Zappa (em alguns álbuns e no começo e meio da década de 1970), John Frusciante (uma stratocaster fretless na gravação do álbum Blood Sugar Sex Magik do Red Hot Chili Peppers).

Dentre os baixistas que usam o instrumentos sem trastes estão Jaco Pastorius, John Paul Jones (do Led Zeppelin), John Deacon (do Queen), Roger Waters (do Pink Floyd) dentre outros.