John Deacon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Deacon
John Deacon, num show do Queen, em 1979
Informação geral
Nome completo John Richard Deacon
Nascimento 19 de Agosto de 1951 (63 anos)
Leicester, Inglaterra
 Reino Unido
Gênero(s) Hard rock
Heavy Metal
Rock Progressivo
Ópera rock
Instrumento(s) baixo, contrabaixo, guitarra, piano, vocais
Modelos de instrumentos Fender Precision Bass
Período em atividade 19701997
Afiliação(ões) Queen
Página oficial Página de John no QueenOnline

John Richard Deacon (nascido em Leicester, Inglaterra, a 19 de agosto de 1951), é um músico britânico aposentado, mais conhecido por ter sido o baixista e um dos compositores da banda de rock Queen. Foi o último dos quatro membros a entrar para o grupo e também o mais jovem, tendo apenas 19 anos quando foi efetivado. Deacon é o autor de um grande número de sucessos do Queen, incluindo os singles "You're My Best Friend", "Spread Your Wings", "Back Chat", "I Want to Break Free" e o maior sucesso de todos, o single mais vendido da banda nos Estados Unidos, "Another One Bites the Dust", bem como outras faixas de praticamente todos os discos do Queen.[1] Tocou também guitarra, piano e violão em vários álbuns, bem como teclado, sintetizadores e programação. Diferentemente de seus colegas, o instrumentista sempre evitou atuar nos vocais do grupo, e sua participação é limitada aos vocais de apoio em algumas apresentações ao vivo. Mesmo sendo extremamente tímido, John Deacon é considerado um dos maiores baixistas do mundo do rock.

Depois do show Freddie Mercury Tribute Concert, em 1992, o baixista se apresentou com o Queen e mais o amigo de Mercury, Elton John em apenas uma única música: "The Show Must Go On" (Elton John inicialmente tinha cantado a faixa com a banda no tributo a Freddie Mercury). Deacon contribuiu para outra música do Queen: "No-One But You (Only The Good Die Young)", lançado em 1997 no álbum Queen Rocks - depois disso ele se aposentou da indústria da música. A última música lançada oficialmente pelo Queen, "Let me In Your Heart Again" possui sua participação.[2]

Deacon decidiu não participar do supergrupo Queen+Paul Rodgers, mas apoiou a iniciativa dos ex-companheiros de banda. Ele também não se apresentou na indicação do Queen para o Rock and Roll Hall of Fame em 2001.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Deacon cresceu em Oadby, Leicestershire com o pai Arthur, a mãe Lilian e irmã mais nova Julie. Seu pai trabalhou para a companhia de seguros Norwich Union. Mas em 1962, quando Deacon tinha 11 anos, seu pai morreu de um ataque cardíaco. Ele era conhecido por amigos como "Deaks" e participou do Linden Junior School, em Leicester, e Gartree High School e Beauchamp College em Oadby e alcançou 8 níveis GCE S e 3 A nível passa, tudo na classe A . Foi em Leicester que ele formou sua primeira banda, a The oposition, em 1965 na idade de quatorze anos. Ele tocou guitarra, comprada com dinheiro emprestado de um dos outros membros da banda. Ele se tornou o baixista após o baixista original ser demitido por não ter a mesma qualidade musical do resto da banda. Assim como um músico dedicado Deacon também foi arquivista da banda, tendo recortes de jornais, até mesmo os anúncios com a "oposition". Depois de estar na The Oposition durante quatro anos, Deacon participou do seu último show com a banda (então chamada The Art), em agosto de 1969. Ele a deixou por ter sido aceito para estudar no Chelsea College.

Carreira no Queen[editar | editar código-fonte]

Embora tenha deixado seu baixo e um amplificador em casa Oadby, Leicestershire, após menos de um ano em Londres, onde ele passou a atingir um First Class Honours Degree em eletrônica no Chelsea College, e estar cursando a King's College de Londres, ele decidiu que queria montar uma banda. A essa altura, a banda Queen já havia sido formada por Brian May, Freddie Mercury e Roger Taylor, e Deacon, foi vê-los, em outubro de 1970. No começo de 1971 ele foi apresentado a Taylor por um amigo numa discoteca que lhe disse que eles tinham uma banda que acabara de perder o seu baixista. Dois dias depois, ele fez um teste em uma sala de aula no Imperial College de Londres e tornou-se o último membro da banda. Deacon foi escolhido por seu talento musical, o seu jeito quieto e suas habilidades elétricas. Uma lenda afirma que Deacon foi o sétimo baixista a fazer o teste para participar do Queen. Segundo várias fontes, outros baixistas que tentaram ser aceitos para formar o Queen foram: Mike Grose, Barry Mitchell e Doug Ewood.

No primeiro álbum da banda, Queen, ele foi apresentado como "Deacon John" não muito tempo depois do lançamento, ele pediu para ser reconhecido apenas como John Deacon.

Sua primeira composição só aparece no terceiro álbum do Queen,Sheer Heart Attack. A canção "Stone Cold Crazy" foi o seu primeiro sucesso, mas a música também foi creditada para os demais integrantes da banda. A primeira música que Deacon escreveu foi a canção "Misfire" do mesmo álbum, a canção-tema do Caribe, que atraiu pouca atenção. Ele iria conseguir muito mais sucesso com sua segunda música, "You're My Best Friend", que passou a ser um sucesso internacional.

Ele era o membro "tranquilo" da banda, e os outros disseram que ele comandava as finanças. Sua última aparição pública com a banda foi em um evento de caridade, em favor das vítimas da AIDS em 1997, e sua última participação direta com Queen foi na gravação de "No-One But You (Only The Good Die Young)".

Ele vive em Putney no Sudoeste de Londres com sua esposa Veronica Tetzlaff. Casado desde 18 de janeiro de 1975, ela já estava grávida de dois meses de seu primeiro filho quando eles se casaram. O casal tem seis filhos: Robert (18 de julho de 1975), Michael (3 de Fevereiro de 1978), Laura (25 de junho de 1979), Joshua (13 de Dezembro de 1983), Luke (5 de dezembro 1992) e Cameron (7 de novembro de 1993).

Segundo a The Sunday Times Rich List, ele possui um patrimônio avaliado em $ 50 milhões de Euros, como base o ano de 2009. Como um engenheiro eletrônico formado, muitas vezes ele usou seus conhecimentos para criar instrumentos para a banda usar. Sua criação mais famosa é a "Deacy Amp", usado por Brian May e por ele próprio.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Com o Queen

Referências

  1. TOP 10 John Deacon Queen Songs Ultimate Classic Rock. Visitado em 3 de janeiro de 2015.
  2. Queen to release new album with unrelease Freddie Mercury Telegraph.co.uk. Visitado em 3 de janeiro de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: John Deacon