Royal Albert Hall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Royal Albert Hall
O Royal Albert Hall, lado de fora.
Localização South Kensington, Londres
 Inglaterra
Coordenadas 51° 30′ N 00° 10′ W
Tipo Sala de concerto
Inaugurada 29 de março de 1871 (143 anos)
Proprietário Governo britânico
Antigos nomes The Central Hall of Arts and Sciences
Website Página oficial

O Royal Albert Hall (em português, Salão Real Alberto) é um salão de espetáculos em South Kensington, Londres, capital do Reino Unido, com capacidade para mais de 8.000 pessoas. Foi inaugurado a 29 de Março de 1871 pela rainha Vitória, em memória do seu falecido consorte Alberto de Saxe-Coburgo-Gota.[1] [2]

O edifício, caracterizado por uma abóbada de vidro, foi desenhado pelo capitão Francis Fowke e o coronel H.Y. Darracott Scott, que optaram pelo uso do tijolo em terracota. Esta preferência arquitectónica é característica da era vitoriana e está presente, por exemplo, no Museu de História Natural de Londres.

Desde sua inauguração, o Royal Albert Hall tem sido utilizado para eventos culturais e desportivos, com concertos ou espectáculos musicais. Os britânicos do Led Zeppelin apresentaram-se no dia 9 de janeiro de 1970, no auge da carreira e com o hard rock correndo em suas veias, mostram um dos seus melhores shows ao vivo, e ja mostravam o que seria o rock and roll que influenciaria muitas bandas posteriores. A banda de rock alternativo de Las Vegas, The Killers fez dois shows nos dias 5 e 6 de julho de 2009 no Albert Hall para a gravação do DVD Live From The Royal Albert Hall, que vem acompanhado de um CD e foi lançado no dia 9 de novembro do mesmo ano. A cantora e atriz britânica Sarah Brightman gravou um DVD chamado "In Concert - Live Royal Albert Hall" com temas famosos de músicais em 1997, contando com a participação da Orquestra Sinfonica de Londres, Andrea Bocelli e Andrew Lloyd Webber. Em 2004 foi a vez de Rod Stewart, conhecido por sua voz áspera e rouca, grava um DVD intitulado Rod Stewart - One Night Only (Live at Royal Albert Hall 2004), o espetáculo conta com participações especiais com destaque para cantora Amy Belle no sucesso I Don't Want to Talk About It de Steward em um bellissimo dueto. A banda The Corrs formada pelos irmãos Andrea Corr, Sharon Corr, Caroline Corr e Jim Corr também marcaram presença gravando o DVD "live at Royal Alber hall" em 17 de março de 1998. O músico Noel Gallagher também tem bastante história no Royal Albert Hall, onde gravou o MTV Unplugged pela banda britânica Oasis, e onde também gravou o álbum The Dreams We Have As Children, no Teenage Cancer Trust de 2007, participando também em 2010. Foi também palco para o Concert For George em 2002, em homenagem a um ano de falecimento do ex-beatle, George Harrison, que contou com a participação dos também, ex-beatles, Paul McCartney e Ringo Starr, e no dia 21 de setembro de 2011 o álbum de vídeo Live at The Royal Albert Hall da cantora Adele foi gravado neste mesmo lugar. Outra grande apresentação no Royal Albert Hall foi da cantora italiana Laura Pausini que semanas antes do show lotou o espaço com capacidade máxima. Dentre os álbums de vídeo que foram gravados, o álbum de Adele foi o de maior sucesso de vendas e de crítica, e como parte do lançamento o DVD foi exibido em 26 cidades ao redor do mundo.

No Final de 2012 a dupla sertaneja Brasileira Jorge e Mateus gravou o dvd Jorge e Mateus At The Royal Albert Hall - Live in London sendo o 5º dvd da carreira da dupla. Foram os primeiros artistas Brasileiros no Hall.[3]

Referências

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Royal Albert Hall