Gavrila Romanovich Derzhavin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gavrila Romanovich Derzhavin

Gavrila Romanovich Derzhavin, em russo: Гаври́ла Рома́нович Держа́вин, (Kazan, 14 de Julho de 1743Svanka, 20 de Julho de 1816), foi um poeta e prosista russo.

Estudou em Oremburgo e Kazan, adquirindo grande reputação como professor de retórica e línguas clássicas. Em 1762 ingressou como soldado no Regimento da Transfiguração, servindo até 1777.

Foi conselheiro de Estado e governador de Olonets e Tambow. Protegido de Catarina II e Paulo I, foi secretário de Estado (1791), senador (1793), presidente do Colégio de Comércio (1794) e diretor da chancelaria do Conselho Supremo (1796). Um ano depois, caiu em desfavor real e retirou-se para a vida particular. Em 1800 reconquistou seu antigo prestígio com a realeza e foi nomeado ministro da Fazenda e da Justiça.

Poeta laureado, apesar de suas tendências retóricas, manifestou ser capaz de sentir a natureza e a ânsia de nobres ideais. Cantou Deus, a morte, a glória, tornando-se famoso tanto em seu país quanto fora dele. Nos últimos anos de sua vida tentou, sem sucesso, escrever para o teatro.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Gavril Derjavine