Granfalloon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde novembro de 2010). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

Granfaloon (em escrita alternativa Granfalloon), proveniente do folclore norueguês, é uma criatura horrenda, uma espécie de enorme bola suspensa no ar, cuja derme ou "pele" é formada por milhares de cadáveres humanos amontoados uns nos outros, sendo tantos que muitos caem no chão. Apesar disso dizem que o verdadeiro Granfaloon, que fica envolto por debaixo desta pele grotesca, é uma espécie de núcleo parasita inteligente dotado de vários tentáculos pegajosos.

A lenda reza que se esta aberração da natureza é vista por humanos, o monstro anuncia que os corpos dos entes mais queridos para a pessoa irão morrer para juntar-se aos demais que o encobrem, e se caírem de sua pele suas almas irão arder num sofrimento infinito (pois é o que o monstro diz sobre aqueles desafortunados o bastante, que por azar do destino acabam se soltando de sua carcaça, já que os corpos são alimentados e mantidos "vivos" pelo ectoplasma fornecido pelo núcleo do parasita). Poucas são as histórias sobre quem já viu ou relatou um possível encontro com o monstruoso Granfaloon, e poucos ainda são aqueles que sobreviveram para contar tal história. Em algumas culturas diz-se que esses cadáveres que se soltam do Granfaloon podem voltar a ele se cumprirem a punição de matar seus antigos parentes e amigos para dar seus cadáveres como alimento para o monstro.

Granfaloon na cultura popular[editar | editar código-fonte]

Talvez o exemplo mais conhecido desta criatura é na série de jogos Castlevania. Ele faz aparições em diversos jogos da série sendo um dos inimigos mais clássicos de toda a série. A aparência do monstro é idêntica à apresentada nas lendas, sendo que para chegar ao núcleo é preciso destruir a volumosa camada de cadáveres que compõe a parte superficial de seu corpo.