Kansas City (Missouri)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kansas City
Localidade dos Estados Unidos Estados Unidos
Kansas City Montage.jpg
Do topo, da esquerda para a direita: Liberty Memorial, Museu de Arte Nelson-Atkins, panorama de Kansas City, Country Club Plaza, Arrowhead Stadium e Kauffman Stadium.
Cognome(s): KC, KCMO, Big KC, City of Fountains, Heart of America, Paris of the Plains
Kansas City está localizado em: Missouri
Kansas City
Localização de Kansas City no Missouri
Kansas City está localizado em: Estados Unidos
Kansas City
Localização de Kansas City nos Estados Unidos
Dados gerais
Incorporado em 28 de março de 1853 (161 anos)
Prefeito Sly James
Gentílico Kansas Citian
Localização
39° 06' 35" N 94° 35' 19" O
Condado Cass (0,33%)
Clay (28,33%)
Jackson (49,31%)
Platte (22,04%)
Estado  Missouri
Tipo de localidade Cidade
Fuso horário -6/-5
Características geográficas
Área 826,28 km²
- terra 815,72 km²
- água 10,57 km²
População (2010[1] ) 459 787 hab. (563,66 hab/km²)
Altitude 277 m
Códigos
Código postal 64101-64102, 64105-64106, 64108-64114, 64116-64134, 64136-64139, 64141, 64144-64158, 64161, 64163-64168, 64170-64172, 64179-64180, 64183-64185, 64187-64188, 64190-64199, 64944, 64999
código FIPS 29-38000
Sítio web http://www.kcmo.org

Portal Portal Estados Unidos

Kansas City é a cidade mais populosa do estado do Missouri, nos Estados Unidos. É a 37ª cidade mais populosa do país. Localiza-se nas margens do rio Missouri.

Em 2011 tinha uma população de 463 202 habitantes e uma densidade populacional de 593,9 hab./km².

Kansas City foi fundada em 1838 como "Town of Kansas", na confluência dos rios Missouri e Kansas e foi incorporada em 1850. Situada frente à então já chamada Kansas City, mas no estado do Kansas, a cidade foi lugar de varias batalhas durante a Guerra Civil, incluindo a Batalha de Westport. Kansas City é conhecida pelos contributos para os estilos musicais de jazz e blues, e pela sua cozinha típica. Em março de 2012 o centro de Kansas City foi escolhido como um dos melhores entre cidades dos Estados Unidos pela revista Forbes, pela sua cultura rica em arte, numerosas fontes, lojas de luxo e numerosos restaurantes.[2] [3]

A área metropolitana tem cerca de 2 milhões de habitantes e abrange quinze condados em dois estados: Kansas e Missouri. A cidade está dividida em duas partes por uma fronteira interestatal, e por isso existem duas cidades com o mesmo nome: Kansas City, Missouri e Kansas City, Kansas.

História[editar | editar código-fonte]

Kansas City foi oficialmente constituída em 28 de março de 1853, no território de ambos os lados da fronteira entre Missouri e Kansas, na confluência dos rios Kansas e Missouri, que foi considerado um bom lugar para construir uma localidade.

A primeira visita europeia documentada à região onde hoje se ergue Kansas City foi a do explorador francês Étienne de Veniard, Sieur de Bourgmont, que também foi o primeiro europeu a explorar a parte baixa do rio Missouri. Criticado pelo modo como reagiu a um ataque de nativos americanos a Fort Detroit, abandonou o seu cargo como comandante da fortaleza e evitou as autoridades francesas. Bourgmont vivia com uma mulher ameríndia da tribo Missouria, a uns 140 km para leste, perto de Brunswick, comercializando ilegalmente peles.

A Espanha tomou a região aquando do Tratado de Paris de 1763, mas não desempenhou nenhum papel importante na zona além da cobrança de impostos e a concessão de licenças para transitar pelo rio Missouri. Os franceses continuaram com o comércio de peles sob licença espanhola. Após a compra da Luisiana, Lewis e Clark visitaram a confluência dos rios Missouri e Kansas e assinalaram que era um bom lugar para construir um forte. Em 1831 um grupo de mórmones de Nova Iorque estabeleceu-se na região que mais tarde seria parte de Kansas City. Estes construíram a primeira escola dentro dos limites atuais da cidade, mas foram expulsos ​por violência de rua em 1833.[4] [5]

Durante a Guerra Civil a localidade e seus arredores tiveram intensa atividade militar, embora a primeira batalha em agosto de 1862 tenha resultado numa vitória confederada. A segunda batalha também deu lugar a um triunfo dos confederados, com um alto preço ao serem derrotados na Batalha de Westport no dia siguiente, que pôs fim aos esforços da Confederação em ocupar a cidade. Por seu lado, o general Thomas Ewing, em resposta a uma incursão com êxito na vizinha Lawrence, Kansas, dirigida por William Quantrill, emitiu a Ordem Geral n.º 11, obrigando ao despejo dos residentes em quatro condados do oeste do Missouri, incluindo o condado de Jackson, exceto os que viviam na cidade e nas comunidades próximas e aqueles cuja lealdade à União foi certificada por Ewing.

Após a Guerra Civil a cidade de Kansas cresceu rapidamente. A escolha da cidade de Leavenworth, Kansas, para a ponte ferroviária da Hannibal and St. Joseph Railroad sobre o rio Missouri, provocó un crecimiento de população depois de 1869, quando a ponte foi aberta. O boom provocou a mudança de nome para Kansas City em 1889 e a cidade estendeu os seus limites para sul e para leste. Westport passou a integrar Kansas City em 2 de dezembro de 1897 e em 1900 Kansas City era a vigésima segunda maior cidade no país, com 163 752 habitantes.[6]

Em finais do século XIX e inícios do século XX, os diversos partidos políticos procuraram ganhar influência na cidade, e vários edifícios e estruturas importantes foram construídos durante este tempo, incluindo o Kansas City City Hall e o tribunal do condado de Jackson.

O desenvolvimento suburbano de Kansas City originalmente começou com a implementação dos elétricos nas primeras décadas do século XX. Em 1950 os afroamericanos representavam 12,2% da população de Kansas City.[6] O assassinato de Martin Luther King Jr. foi o catalizador para o motim de Kansas City em 1968. Neste momento os bairros marginais também começavam a formar-se no interior da cidade e os que podiam permitir-se sair acabaram por se mudar para os subúrbios e limites exteriores da cidade. Enquanto a população da cidade continuou a crescer, o centro diminuiu de população. Em 1940 a cidade contava com uns 400000 habitantes, em 2000 a mesma zona era lugar de apenas cerca de 180000. De 1940 a 1960 a cidade duplicou de área, e aumentou de população em apenas 75000 habitantes. En 1970 a cidade tinha uma área total de aproximadamente 820 km2, más de cinco vezes a sua área em 1940.

Geografia[editar | editar código-fonte]

De acordo com o United States Census Bureau, a cidade tem uma área de 826,3 km², onde 815,7 km² estão cobertos por terra e 10,6 km² por água[1] .

Demografia[editar | editar código-fonte]

Crescimento populacional
Censo Pop.
1860 4 418
1870 32 260 630,2%
1880 55 785 72,9%
1890 132 716 137,9%
1900 163 752 23,4%
1910 248 381 51,7%
1920 324 410 30,6%
1930 399 746 23,2%
1940 400 178 0,1%
1950 456 622 14,1%
1960 475 539 4,1%
1970 507 087 6,6%
1980 448 159 -11,6%
1990 435 146 -2,9%
2000 441 545 1,5%
2010 459 787 4,1%
Fonte: US Census[1] [7]

Segundo o censo nacional de 2010[1] , a cidade possui 459 787 habitantes, sendo que a Região metropolitana de Kansas City possui em torno de 2,2 milhoões de habitantes, e engloba várias cidades ao redor de Kansas City. Possui 221 860 residências, que resulta em uma densidade de 271,98 residências/km².

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Kansas City (Missouri)
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Kansas City (Missouri)
Ícone de esboço Este artigo sobre geografia dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.