Censo dos Estados Unidos de 2000

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Logótipo do recenseamento norte-americano de 2000

O Vigésimo-segundo censo dos Estados Unidos da América, executado pelo United States Census Bureau, determinou que a população residente nos Estados Unidos em 1 de abril de 2000 era de 281 421 906, um incremento de 13,2% face às 248 709 873 pessoas registadas durante o censo de 1990.[1] Foi a mais complexa operação censitária nos Estados Unidos até à data.[2]

A população residente dos Estados Unidos inclui a quantidade total de habitantes nos 50 estados e no Distrito de Colúmbia. Também foram contados os residentes do estado livre associado de Porto Rico, cuja população foi contada em 3 808 610, um aumento de 8,1% face a dez anos antes.

Perfil demográfico[editar | editar código-fonte]

O Census Bureau registou os seguintes dados sobre a população dos Estados Unidos:

  • 75,1% da população era de etnia branca.
  • 12,3% da população era de etnia negra ou descendentes de afro-americanos.
  • 12,5% da população era hispânica, 9% mais que em 1990.
  • 3,6% da população era de etnia asiática.
  • Entre 1990 e 2000, a população com idade entre os 45 e 54 anos cresceu 49%, e a de mais de 85 anos cresceu 38%.
  • As mulheres superavam em número os homens à razão de 2 para 1 na classe etária de mais de 85 anos.
  • Um entre cada 5 adultos teve algum tipo de invalidez em 1997.
  • Desde 1993 o rendimento do lar, tanto para famílias como para não-famílias, aumentou.
  • 51% dos lares tinha um computador e 41% tinha algum tipo de aceso à Internet.
  • Os casais casados e sem filhos tinham a menor taxa de pobreza.
  • Os pobres, independentemente da sua idade, tinham maior probabilidade de não serem cobertos por seguros de saúde.
  • O número de estudantes de escolas primárias e secundárias quase chegou ao máximo histórico de 49 milhões alcançado em 1970.

Divisão da população por estados[editar | editar código-fonte]

O estado mais povoado foi a Califórnia com 33 871 648 pessoas, e o menos povoado era o Wyoming com 493 782 habitantes. O estado que mais cresceu em número de residentes foi a Califórnia, com 4 111 627, e em taxa de aumento percentual foi o Nevada, com um incremento de 66,3% (769 424 habitantes) desde 1990.

Alterações face à década anterior[editar | editar código-fonte]

Por região os Sul dos Estados Unidos e o Oeste foram as que mais cresceram em habitantes, com 14 790 890 e 10 411 850, respetivamente. O Nordeste dos Estados Unidos cresceu 2 785 149 e a região Centro-Oeste cresceu 4 724 144.

Percentagem de aumento populacional em cada estado, censo de 2000
Alteração populacional em cada estado, censo de 2000

Idiomas[editar | editar código-fonte]

A Modern Language Association encarrega-se de investigar e detalhar dados sobre os 36 idiomas e 7 grupos de línguas mais comuns. A língua inglesa predominava como língua principal, sendo falada em casa por 82,12% da população. Os 17,88% restantes dividiam-se da seguinte forma (só se assinalam os idiomas que contribuíam com mais de 1%):

  1. Espanhol ou línguas crioulas baseados em espanhol (59,8%)
  2. Francês ou línguas crioulas baseados em francês (4,47%)
  3. Chinês (4,31%)
  4. Alemão (2,59%)
  5. Tagalog (2,61%)
  6. Vietnamita (2,15%)
  7. Italiano (2,15%)
  8. Coreano (1,90%)
  9. Russo (1,50%)
  10. Polaco (1,42%)
  11. Árabe (1,31%)
  12. Português ou línguas crioulas baseados em português (1,20%)
  13. Japonês (1,02%)

Representação governamental[editar | editar código-fonte]

Redistribuição dos lugares para a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos com base no censo de 2000.

Desde o primeiro censo, realizado em 1790, a contagem em cada década tem sido a base para a forma de governo representativo dos Estados Unidos. O Artigo I, Secção II, especifica que "o número de representantes não pode exceder 1 por cada 30 000 habitantes, e cada estado deve ter pelo menos um representante". Com 435 lugares na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, o recenseamento é importante para este equilíbrio.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]