Tratado de Paris (1763)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Tratado de Paris foi um tratado assinado a 10 de Fevereiro de 1763 entre o Grã-Bretanha, França, Portugal e Espanha e que pôs fim à Guerra dos Sete Anos.

O tratado gerou grandes trocas de territórios coloniais entre as potências européias, em especial na América do Norte e Caraíbas: a Grã-Bretanha obtém da França o Canadá, Nova Escócia, São Vicente, Dominica, Tobago, Granada e Minorca;[1] a França recupera Guadeloupe, Santa Lúcia e Gorea, as suas colónias na Índia (embora sem o direito de nelas construir fortificações) e obtém garantias sobre os seus direitos de pesca na Terra Nova; a Espanha recebe da França a Luisiana, troca a Flórida por Havana e recupera Manila e as Filipinas.

Referências

  1. Marston, Daniel. The French–Indian War 1754–1760 (em <código de língua não-reconhecido>). [S.l.]: Osprey Publishing, 2002. 84 pp. ISBN 0-415-96838-0. Visitado em 10 de fevereiro de 2013.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre política, partidos políticos ou um político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Ícone de esboço Este artigo sobre História do Canadá é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.