Hackerspace

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com hacklab. Por favor crie o espaço de discussão sobre essa fusão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Perceba que para casos antigos é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e não se esqueça de levar toda a discussão quando levar o caso para a central. (desde fevereiro de 2013)

Um hackerspace ou hackspace (de Hacker e Espaço) (também conhecido como hacklab, makerspace ou creative space) é um local real (em oposição ao virtual) com o formato de um laboratório comunitário que segue a Etica_Hacker, tendo espírito agregador, convergente e inspirador. Nele, pessoas com interesses em comum, normalmente em ciência, tecnologia, arte digital ou eletronica podem se encontrar, socializar e colaborar. Um hackerspace pode ser visto como um laboratório comunitário, uma oficina ou um estúdio onde pessoas de diversas áreas podem trocar conhecimento e experiência para construir algo juntos.

Muitos hackerspaces colaboram na divulgação e no desenvolvimento de software livre, open hardware e mídia alternativa e podem ser encontrados em infoshops, centros sociais e espaços comunitários.

Funções[editar | editar código-fonte]

Atividades típicas de um hackerspace incluem:

  • aprendizado e troca de conhecimento
  • apresentações e palestras
  • atividades sociais, incluindo jogos e festas
  • trabalho em projetos individuais ou em equipe

Os hackerspaces fornecem a seguinte infraestrutura necessária para estas atividades: salas, energia elétrica, servidores e redes locais com acesso à internet, instrumentos de medição, equipamento de áudio, projetores de vídeo, consoles de videogame e diversas ferramentas.

O que pode ser feito é limitado apenas pelas ferramentas disponíveis em cada hackerspace. Assim como os hackerspaces ao redor do mundo crescem em número de membros e em capacidade técnica, as possibilidades dos hackerspaces também crescem.

  • trabalhar em pequenos projetos DIY (faça você mesmo)
  • desenvolver projetos, novos ou em andamento de hardware livre
  • desenvolver software livre dependente de equipamentos específicos
  • trabalhar em invenções pessoais ou em equipe
  • trabalhar em projetos de arte como arte cinética
  • desenvolvimento de jogos ou animações digitais

A principal fonte de recursos de um hackerspace é composta normalmente por taxas pagas pelos membros. Alguns também aceitam patrocínios externos ou doações anônimas.

Lista de Hackerspaces brasileiros[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.