Arte cinética

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
David Ascalon, Wings
Memphis, Tennessee (2008)

A arte cinética, é uma corrente das artes plásticas que explora efeitos visuais por meio de movimentos físicos ou ilusão de óptica ou truques de posicionamento de peças.[1]

Artistas como Marcel Duchamp (1887-1968), Alexander Calder (1898-1976), Vasarely (1908), Jesus Raphael Soto (1923), Yaacov Agam (1928), Jean Tinguely (1925), Pol Bury (1922) e o brasileiro Abraham Palatnik (1928), são apontados como expoentes desta linguagem.

Outros representantes do cinetismo[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Tate - Glossary - Kinetic art. Visitado em 8 de novembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arte cinética