Hans Moritz von Hauke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão de armas do Conde Hauke, dado em 1829

Hans Moritz von Hauke (em polonês: Jan Maurycy) (26 de outubro de 177529 de novembro de 1830) foi um soldado profissional alemão.

De origem alemã e de uma família de militares, Moritz von Hauke serviu na armada de Napoleão na Áustria, na Itália, na Alemanha e na Guerra Peninsular, mas mais tarde trocou de lado, escolhendo se juntar à armada russa. Reconhecendo suas habilidades, os Czar Nicolau I o nomeou Vice Ministro de Guerra do Reino da Polônia e o titulou conde.

Na revolta de 1830, Hauke defendeu o Governador Geral da Polônia (o Grão-duque Constantino), que era o alvo dos cadetes da armada revolucionária. O Grão-duque conseguiu fugir, mas Moritz morreu baleado numa rua Varsóvia, na frente de sua esposa Sophie e de seus filhos. Com a morte de Sophie pouco tempo depois, as crianças von Hauke tornaram-se protegidos do Czar.

Em 28 de outubro de 1851, sua filha Julia von Hauke, então dama de companhia da Imperatriz da Rússia, desposou o Príncipe Alexander de Hesse e do Reno (Hesse-Darmstadt), o irmão da Imperatriz. Titulada Condessa de Battenberg e Princesa de Battenberg em dezembro de 1858, pelo irmão de Alexander, o Grão-duque Ludwig III de Hesse-Darmstadt, ela tornou-se uma ancestral da Casa de Mountbatten e da Casa de Windsor.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Polski Słownik Biograficzny (Polish Dictionary of Biography), vol. 2, Cracow 1938