Hemispheres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Hemispheres
Álbum de estúdio de Rush
Lançamento 28 de Outubro de 1978
Gravação junho de 1978 - julho de 1978
Gênero(s) Rock Progressivo
Duração 36:19
Formato(s) LP, CD
Gravadora(s) Mercury
Produção Rush e Terry Brown
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Rush
Último
Último
A Farewell to Kings
(1977)
Permanent Waves
(1980)
Próximo
Próximo


Hemispheres é o sexto álbum de estúdio da banda canadense Rush, lançado em 28 de Outubro de 1978. Neste disco, pode-se notar que a banda volta a trabalhar com o tema "Cygnus X-1". Faixas longas continuam sendo abordadas.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "Cygnus X-1 Book II Hemispheres" - 18:05
    • I. "Preludio" - 4:27
    • II. "Apollo: Bringer of Wisdom" - 2:36
    • III. "Dionysus: Bringer of Love" - 2:00
    • IV. "Armageddon: The Battle of Heart and Mind" - 2:55
    • V. "Cygnus: Bringer of Balance" - 5:01
    • VI. "The Sphere: A Kind of Dream" - 1:02
  2. "Circumstances" - 3:41
  3. "The Trees" - 4:46
  4. "La Villa Strangiato (An Exercise In Self-Indulgence)" - 9:36
    • I. "Buenos Nochas, Mein Froinds!" - 0:27
    • II. "To sleep, perchance to dream..." - 1:33
    • III. "Strangiato Theme" - 2:16
    • IV. "A Lerxst in Wonderland" - 2:27
    • V. "Monsters!" - 0:26
    • VI. "The Ghost of the Aragon" - 0:36
    • VII. "Danforth and Pape" - 1:41
    • VIII. "The Waltz of the Shreves" - 0:26
    • IX. "Never turn your back on a Monster!" - 0:11
    • X. "Monsters!" (Reprise) - 0:14
    • XI. "Strangiato Theme" (Reprise) - 1:04
    • XII. "A Farewell to Things" - 0:15

Créditos[editar | editar código-fonte]

  • Baixo, Mini Moog, sintetizador polifônico Oberheim, pedais Taurus, vocais: Geddy Lee
  • Guitarras e violões de 6 e 12 cordas, violão de nylon, guitarra sintetizadora Roland, pedais Taurus: Alex Lifeson
  • Bateria, sinos de orquestra, sinos, tímpanos, gongo, cow-bells, blocks, carrilhão, crótalos: Neil Peart
  • Produtores: Rush e Terry Brown
  • Músicas: Lee e Lifeson, exceto "La Villa Strangiato" (Lee, Lifeson e Peart)
  • Letras: Peart
  • Direção de arte: Hugh Syme

Ligações externas[editar | editar código-fonte]