Immanuel Velikovsky

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Immanuel Velikovsky
Иммануил Великовский
Immanuel Velikovsky no ano de 1974
Nascimento 10 de Junho de 1895
Vitebsk
Morte 19 de novembro de 1979 (84 anos)
Princeton, Nova Jérsia
Nacionalidade  Bielorrússia

Immanuel Velikovsky (em russo: Иммануил Великовский; 10 de junho de 1859 - 17 de novembro de 1979) foi um psiquiatra russo-judeu, mais conhecido como o autor de uma série de livros controversos que reinterpretam acontecimentos da história antiga, em particular o livro Mundos em Colisão, publicado em 1950[1] . Antes disso, ele teve um papel na fundação da Universidade Hebraica de Jerusalém em Israel, e foi um respeitado psiquiatra e psicanalista.

Seus livros usam mitologia comparada e fontes literárias arcaicas (incluindo o Antigo Testamento) para alegar que a terra sofreu aproximações catastróficas com outros planetas (principalmente Vênus e Marte) em tempos passados. Ao posicionar Velikovsky entre catastrofistas como Hans Bellamy, Ignatius Donnely e Johan Gottlieb Radlof[2] , os astrônomos britânicos Victor Clube e Bill Napier apontaram que "... Velikovsky não é tanto o primeiro dos novos catastrofistas ..., ele é o último de uma linhagem de catastrofistas tradicionais que remonta aos tempos medievais, e provavelmente antes"[3] . Velikovsky alegava que os efeitos eletromagnéticos tem um papel importante na mecânica celestial. Ele propôs também uma cronologia revisada para o Antigo Egito, Grécia, Israel e outras culturas do Oriente Próximo antigo. A cronologia revisada visava explicar a assim chamada "idade das trevas" do leste do Mediterrâneo (c. 1100-750 AEC) e reconciliar a história bíblica com a arqueologia acadêmica, e a cronologia egípcia.

Em geral as teorias de Velikovsky tem sido ignoradas ou rejeitadas pela comunidade acadêmica[4] Mesmo assim, seus livros vendem bem e tem o apoio entusiástico entre os leigos, geralmente acompanhados de alegações de tratamento injusto pela academia ortodoxa[5] [6] [7] [8] . A controvérsia cercando seu trabalho e a sua recepção é normalmente referida como "O caso Velikovsky"[9] [10] [11] .

Referências

  1. Princeton University press release, July 29, 2005 (quoted on website of Dr. Ruth Velikovsky Sharon)
  2. Johann Gottlieb Radlof — The Velikovsky Encyclopedia Velikovsky.info. Visitado em 2010-06-03.
  3. Clube, S. V. M. and Bill Napier 1984. Velikovskians In Collision. Quadrant (Sydney). Jan.-Feb., pp. 33-34; reprinted in Kronos vol. IX, no. 3, 1984. pp. 44-49.
  4. Trevor Palmer, Perilous Planet Earth: Catastrophes and Catastrophism through the Ages, Cambridge University Press, ISBN 0-521-81928-8. pp.116-119.
  5. Morrison, David (2001). Velikovsky at Fifty: Cultures in Collision on the Fringes of Science. Skeptic, 9 (1), 62-76; reprinted in Shermer, Michael (editor) (2002). The Skeptic Encyclopedia of Pseudoscience, Santa Barbara, Calif. ISBN 1-57607-653-9. 473-488.
  6. Cohen, Daniel (1967). Myths of the Space Age, Dodd Mead. LCCN 67-25108. Chap. VIII, Immanuel Velikovsky — the Man Who Challenged the World, pp. 172-94.
  7. Gordon, Theodore J. (1966). Ideas in Conflict, St. Martin's Press. LCCN 66-23261. Chap. 2, The Miracles of Exodus, pp. 18-48.
  8. Fair, Charles (1974). The New Nonsense: The End of the Rational Consensus, Simon and Schuster. ISBN 0-671-21822-0. Chap. viii, Speaking of Flying Objects ... , pp. 139-86.
  9. Bauer, Henry H. (1992). The Velikovsky Affair Aeon, 2 (6), 75-84. Homestead.com This article, a comprehensive overview, originally appeared in Dec. 1988 La Recherche, pp. 1448-55.
  10. Bauer, Henry H. (1996). Velikovsky, Immanuel, in Gordon Stein (editor), The Encyclopedia of the Paranormal. Prometheus Books. ISBN 1-57392-021-5. pp. 781-788.
  11. Grove, J. W. (1989). In Defence of Science: Science, technology, and politics in modern society, University of Toronto Press. ISBN 0-8020-2634-6. Chap. 5, Pseudo-science, pp. 120-50; adapted from Grove, J. W. (1985). Rationality at Risk: Science against Pseudoscience. Minerva, 23 (2), 216-40.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.