Jack Bruce

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Jack Bruce
Informação geral
Nome completo John Symon Asher Bruce
Nascimento 14 de maio de 1943 (71 anos) Bishopbriggs, East Dunbartonshire, Escócia
Gênero(s) Blues-rock, rock psicodélico, jazz fusion, hard rock, acid rock
Instrumento(s) Vocais, baixo, contrabaixo, piano, gaita, guitarra, órgão hammond, cello
Período em atividade 1962 — atualmente
Gravadora(s) EMI
Afiliação(ões) Cream, John Mayall & the Bluesbreakers, The Graham Bond Organisation, BBM, BLT, Blues Incorporated, Manfred Mann, West, Bruce and Laing, Ringo Starr & His All-Starr Band, Frank Zappa, Kip Hanrahan

Jack Bruce (14 de maio de 1943) é um baixista, cantor e compositor britânico.

Ele começou sua carreira tocando com a banda de Graham Bond no começo dos anos 60. O grupo fazia versões de variados estilos musicais, desde o bebop ao rhythm and blues, passando pelo blues. Entre seus integrantes estava Ginger Baker.

Ele tocou com John Mayall e com o Manfred Mann antes de iniciar sua contribuição mais célebre, como baixista, no power trio Cream. Ele desenvolveu a maioria das músicas da banda, juntamente com o compositor Pete Brown.

Depois do Cream terminar, Jack tocou com inúmeros músicos e colaborou com grandes nomes do jazz como Carla Bley e participou do Frank Zappa & The Mothers. Ele continuou gravando durante os anos 90 e no começo do ano 2000 passou a sofrer problemas de saúde. Em 2003 foi diagnosticado com câncer no fígado e em setembro do mesmo ano passou por um transplante quase fatal, depois de seu organismo rejeitar o novo órgão.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu no dia 14 de maio de 1943, em Glasgow na Escócia. Se formou em Bellahouston Academy e ganhou bolsa para estudo do Violoncelo e Teoria Musical, cursou em Royal Scottish Academy of Music porém, com 17 anos, largou a faculdade por desentendimento com professores, que não se interessavam em suas ideias, e pela pobreza, também viajou para Itália, sustentando-se tocando contra-baixo em bandas de baile e jazz. Em 1962 mudou-se para a Inglaterra e se juntou ao Alex Korner's Blues Incorporation tocando baixo elétrico, subestituindo Charlie Watts, que logo integraria os Rolling Stones. Deixou a banda em 1963 após ser convidado para tocar na banda de blues Graham James Bond, formada por Graham Bond no orgão, John McLaughlin na guitarra, Ginger Baker na bateria e futuramente Dick Heckstall-Smith no saxofone. Jack foi demitido da banda devido as brigas constantes com Ginger Baker, que chegou à ameaçá-lo com uma faca. Marvin Gaye convidou-o para se juntar a sua banda norte-americana, mas Jack, iria se casar e estava sem condições para viajar, então entrou para o Manfred Man e se juntou com o John Mayall's Bluesbraker's para algumas gravações, onde conheceu Eric Clapton que se impressionou com a voz do baixista e seu talento no instrumento. Então Eric sentindo-se limitado no Bluesbrakers tem a ideia de formar um supergrupo com Jack, porém Jack não sabia que um dos membros era Ginger Baker.

Os dois deixaram as diferenças de lado e juntos fizeram história com o power-trio mais bem sucedido da história, tendo Jack como compositor de seus maiores sucessos, geralmente usando as letras de Pete Brown como base. Revolucionou o baixo elétrico utilizando técnicas com full-toned e free-wheeling revolucionando o modo de tocar baixo.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]