Jobst da Morávia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde fevereiro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jobst de Luxemburgo, marquês da Morávia e Brandemburgo

Jobst (Jost ou Jodokus) da Morávia (em alemão: Jobst von Mähren, em checo: Jošt Lucemburský ou Jošt Moravský; em francês: Josse de Luxembourg) (13511411) era o filho mais velho de João Henrique de Luxemburgo, marquês da Morávia, e sobrinho do Imperador Carlos IV (Carlos IV era irmão de João Henrique).

Ele governou a Marca da Morávia com os irmãos sobreviventes, e tomou o castelo da família. Jobst foi, para além de marquês da Morávia, foi também marquês de Brandemburgo de 1388 a 1411, sucedendo ao primo, Sigismundo, que, após a subida do primo, se voltou para o Reino da Hungria.

Após a morte do rei Ruperto da Germânia em 1410, Jobst foi eleito seu sucessor por quatro eleitores a 1 de outubro desse ano, opondo-se assim ao primo, Sigismundo, que já tinha sido eleito por três eleitores a 10 de Setembro. Apesar do apoio dos seus eleitores, Jobst faleceu no ano seguinte, a 18 de janeiro de 1411, ficando assim claro que Sigismundo, sendo eleito, sucederia ao pai, Carlos IV, como Rei da Germânia, e, mais tarde, Sacro Imperador Romano-Germânico, o que acabou por acontecer.

Jobst casou duas vezes, sem descendência:

Jobst da Morávia
Precedido por:
João Henrique
Marca da Morávia
1375–1411
Sucedido por:
Venceslau
Precedido por:
Sigismundo
Eleitor de Brandemburgo
1397–1411
Sucedido por:
Sigismundo
Precedido por:
Ruperto do
Palatinado
Rei da Germânia
(Rei dos Romanos)

1410–1411
contestado por Sigismundo