Joseph Roth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Joseph Roth (1926).jpg

Joseph Roth (Brody, 2 de setembro de 1894Paris, 27 de maio de 1939) foi um jornalista e escritor austríaco. Moses Joseph Roth nasceu no extremo do Império Austro-Húngaro.

De origem judaica, estudou na Universidade de Viena e participou na I Guerra Mundial, essencialmente como jornalista. Depois da guerra, viajou por toda a Europa. Foi um grande cronista da República de Weimar – os tempos de crise que precederam a ascensão do nazismo na Alemanha. Nos artigos de Berlim, Roth regista o espectáculo da velha capital prussiana tomada de assalto por refugiados, autocarros e arranha-céus, transformando-se no epicentro da cruel história europeia que se seguiria.

Em 1932 publica a obra prima Marcha de Radetzky. Em 1933, emigra para França, onde publica Tarabas (1934), O Falso Peso (1937), O Anticristo (1934), A Confissão de um Assassino (1938) e, postumamente, A Lenda do Santo Bebedor (1939).

A sua vida torna-se cada vez mais difícil, entrega-se ao álcool e acaba por morrer em Paris, em 1939.


Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Joseph Roth
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.