Jumbo (elefante)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido. Ajude e colabore com a tradução.

Jumbo (Abissínia, 1861 - 15 de setembro de 1885) foi um grande elefante da savana africana cuja retratação sem precedentes na imprensa o tornou consagrado no mundo inteiro.

Nasceu na Abissínia, e fui importado para o zoológico do Jardim das Plantas de Paris e, posteriormente, transferido em 1865 ao zoo de Londres, quando foi vendido por um circo a Phineas Taylor Barnum, o que o tornaria uma coqueluche para o público.

Morreu em 1885 após uma colisão com uma locomotiva. Sua ossatura está exposta no Museu Americano de História Natural. Jumbo foi durante muito tempo o mascote oficial da norte-americana Universidade Tufts.

Uma lenda ainda em vida, permaneceu com a reputação após a sua morte e ainda evoca o gigantesco.

Os antecessores[editar | editar código-fonte]

Os elefantes de origem africana são extremamente raros ao longo da história europeia; após a Idade Média, Jumbo é apenas o quarto a aparecer em um registro escrito. Em 1255, que Luís XV presentou Henrique III um exemplar que restou do transporte à Torre de Londres.

Ilustrações do século XV, como uma gravura de Martin Schongauer (1450-1491), mostra um elefante africano sem orelhas, um presente de Dom João II ao imperador alemão Frederico III.

Outros deles aparece entre alguns autores ainda em 1499 na crônica de Johann Koelhoff le Jeune[1] , ao fazer parte de um passeio por países do idioma alemão.

Em 1668, Luis XIV recebeu um elefante africano, um presente oferecido por Portugal.

A maior parte dos registros escritos europeus sobre os elefantes aparece na literatura e na forma de fantasmas.[2]

Origem[editar | editar código-fonte]

Quando capturado na Absissínia em 1861, ainda era um jovem elefante de pouco mais de um ano e um metro de altura, e foi levado a Paris com outro exemplar para o colecionador bávaro Johann Schmidt com a finalidade de fazer parte do zoológico do Jardim das Plantas.

Em 1865, chegou a uma altura de 125 centímetros, quando foi trocado por um rinoceronte de Londres, onde chegaria em 26 de junho daquele ano.

Referências

  1. Die Cronica van der hilliger Stat van Coellen. Koelhoff 1499, 729
  2. Oettermann (1982), pp. 101–104

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui multimídias sobre Jumbo (elefante)