Dumbo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Dumbo
Dumbo (PT/BR)
Pôster original do filme.
 Estados Unidos
1941 • cor • 64 min 
Direção Ben Sharpsteen
Produção Walt Disney
Roteiro Livro
Helen Aberson
Harold Pearl
História
Otto Englander
Joe Grant
Dick Huemer
Elenco Edward Brophy
Herman Bing
Margaret Wright
Sterling Holloway
Cliff Edwards
Género Animação
Idioma Inglês
Música Frank Churchill
Oliver Wallace
Estúdio Walt Disney Productions
Distribuição RKO Pictures
Página no IMDb (em inglês)

Dumbo ( Gustavo Pellegrina ) é um filme estadunidense do gênero animação produzido pela Disney em 1941 e baseado em obra de Helen Aberson e Harold Perl.

É o quarto longa-metragem de animação dos estúdios Disney. O personagem principal é Jumbo Jr., um elefante antropomórfico que é cruelmente apelidado de Dumbo (em Inglês, "estúpido"). Ele é ridicularizado por suas orelhas muito grandes, mas descobre que pode voar utilizando-as como asas. Seu único amigo é o um rato, chamado Timóteo, esse fato parodia o medo de elefantes a ratos.

O filme foi dirigido por Ben Sharpsteen, produzido por Walt Disney e escrito por Otto Englander, Joe Grant e Dick Huemer.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

As cegonhas chegam, como todos os anos, no circo para entregar os bebês às suas mães. Sra. Jumbo, uma elefante, descobre que seu pequeno tem orelhas grandes, todos os seus colegas não param de rir de seu bebê, mas a Sra. Jumbo sempre o defendeu a ponto de ser confinada para enfrentar qualquer um que zomba de sua prole.

O Dumbo pouco, abusado e ridicularizado por todos os seus pares, apenas com a ajuda de um pequeno rato chamado Timóteo, que decide fazer dele uma estrela do circo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Elenco
Personagem Dublagem EUA Dublagem BRA 1941 Dublagem BRA 1986 Dublagem BRA 1998 Dobragem POR 1999
Dumbo O personagem não tem falas O personagem não tem falas O personagem não tem falas O personagem não tem falas O personagem não tem falas
Timothy Edward Brophy Aristoteles Pena Manolo Rey Sérgio Stern Manuel Arouca
Matriarca Verna Felton Sara Nobre Selma Lopes Mariângela Cantú Cucha Carvalheiro
Prissy Sarah Selby Estelita Bell Helena Samara Miriam Ficher Isabel Ribas
Giddy Noreen Gammill Dalva de Oliveira Nair Silva Andréa Murucci Leonor Alcácer
Catty Dorothy Scott Sônia Barreto Patrícia Scalvi Mabel César Paula Fonseca
Sra.Jumbo Verna Felton Sara Nobre Informação Não Disponível Telma Costa (Diálogos) / Regina Elena Mesquita (Canções)
Casey Jr. Margaret Wright Wellington Botelho Carlos Seidl Carol Kapfer José Jorge Duarte
Diretor do circo Herman Bing Castro Gonzaga Luiz Motta Orlando Drummond Cardoso João Didelet
Mr. Stork Sterling Holloway José Vasconcelos Jomery Pozolli Marcelo Coutinho Fernando Luís
Corvo Jim Cliff Edwards Mário Vasconcelos Francisco Milani Cláudio Galvan Carlos Freixo
Corvo 2 Hall Johnson Delorges Caminha Orlando Drummond Cardoso Guilherme Briggs André Maia
Corvo 3 James Baskett Natano Monteiro Mário Monjardim José Augusto Sendim Gonçalo Sá
Corvo 4 Jim Carmichael Baptista Junior Laura Cruz Carol Kapfer Nuria Haruman
Corvo 5 Jim Carmichael Edmundo Maia Antônio Patiño Clécio Souto Carlos Feio
Palhaço Billy Sheets Almirante Carlos Marques Sérgio Cantú João Cortes
Skinny Malcolm Hutton Cristóvão Mário Mário Monjardim Marco Antônio Costa Carlos Rodrigues

Produção[editar | editar código-fonte]

Em 1940, depois dos ambos fracassos financeiros de Pinóquio e Fantasia, Walt decidiu expandir a história de Dumbo em um longa metragem, para gerar renda aos estúdios Disney. A renda do estúdio tinha tido impacto negativo devido a 2º Guerra que ocorria na Europa. Joe Grant e Dick Huemer, foram figuras principais no desenvolvimento do enredo. Eles escreveram o roteiro em capítulos, muito parecido com um livro, uma forma incomum de escrever o roteiro de um filme. Independente disto, muito pouco foi alterado em relação ao projeto original. Para manter os custos da produção de Dumbo baixo,os artistas deram traços muito mais simples, e menos detalhados do quer os visto nas animações anteriores do estúdio como Pinóquio e Fantasia.[1]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Dumbo foi lançado nos cinemas dos EUA em 23 de Outubro de 1941 e foi re-lançado em 1949, 1959, 1972 e 1976; no Brasil foi lançado em 17 de Novembro de 1941; em Portugal foi lançado em 30 de Novembro de 1942.

O filme foi o primeiro longa-metragem animado da Disney a ser lançado em home video e tambem lançado na coleção de vídeos Walt Disney Classics em 1985. Esse lançamento foi seguido de duas versãoes remasterizdas em: 1986, 1989, 1991 (Coleção Clássicos) e 1994 (Coleção Masterpiece). Em 2001, uma edição especial de 60 anos foi lançada.

Em 2006, uma edição "Big Top" da animação foi re-lançada em DVD. Uma edição inglesa foi lançada em Maio de 2007. Dumbo foi lançado em Blu-ray em 2010 nas regiões 2/B. A versão da região 1/A está marcada para ser lançada em 20 de Setembro de 2011.[2] [3]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Dumbo foi aclamado pela crítica,recebendo críticas esmagadoramente positivas.O Rotten Tomatoes informa que 97% dos críticos deram resenhas positivas ao filme.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar 1941 (EUA)

Festival de Cannes 1947 (França)

  • Ganhou na categoria Melhor Desingn de Animação.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • A dublagem brasileira de 1941 é considerada rara, já que os lançamentos em VHS, DVD e Blu-Ray possuem a dublagem da década de 80.
  • A dublagem brasileira de 1998 foi feita por encomenda do SBT que exibiu o filme durante seu contrato com a Disney na década de 90.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Fantasia
Lista de filmes de animação da Disney
1940
Sucedido por
Bambi