Wreck-It Ralph

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wreck-It Ralph
Força Ralph (PT)
Detona Ralph (BR)
Wreck It Ralph.png
Pôster promocional de Wreck-It Ralph
 Estados Unidos
2012 • cor • 101 min 
Direção Rich Moore
Produção Clark Spencer
Elenco John C. Reilly
Sarah Silverman
Jack McBrayer
Jane Lynch
Gênero Aventura
Animação 3D
Comédia
Idioma inglês
Português
Música Henry Jackman
Edição William J. Caparella
Estúdio Walt Disney Animation Studios
Distribuição Walt Disney Pictures
Lançamento Estados Unidos 2 de Novembro de 2012
Portugal 8 de Novembro de 2012
Brasil 4 de Janeiro de 2013
Reino Unido 8 de Fevereiro de 2013
Orçamento US$ 165 milhões[1]
Receita US$ 471 222 889[1]
Página no IMDb (em inglês)

Wreck-It Ralph (no Brasil, Detona Ralph; em Portugal, Força Ralph) é um filme de animação 3D, produzido por Walt Disney Animation Studios e distribuído pela Walt Disney Pictures. É o 52º longa-metragem da série de clássicos animados da Walt Disney. O filme foi dirigido por Rich Moore, que já dirigiu episódios dos Simpsons e Futurama, e o roteiro foi escrito por Jennifer Lee e Phil Johnston, uma história de Moore, Johnston e Jim Reardon. John Lasseter serviu como produtor executivo. O filme conta com as vozes de John C. Reilly, Sarah Silverman, Jack McBrayer e Jane Lynch.

Wreck-It Ralph estreou no Teatro El Capitan em 29 de outubro de 2012[2] e foi lançado mundialmente em 2 de novembro do mesmo ano. Os ganhos de bilheteria em todo o mundo alcançaram mais de US$ 471 milhões, com o filme tendo um orçamento de US$ 165 milhões. O filme foi um sucesso entre os críticos de cinema especializados, vencendo o Annie Award de melhor longa de animação e recebendo indicações para o Golden Globe Award de melhor animação e para o Oscar de melhor filme de animação. Wreck-It Ralph foi lançado em Blu-ray e DVD em 5 de março de 2013.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Ralph é o vilão do jogo de arcade Conserta Felix Jr.\Repara Felix Jr., em que o herói homônimo do jogo conserta um edifício que Ralph destrói. Por mais de 30 anos, Ralph fez o mesmo trabalho e ficou cansado de ser o cara mau. Querendo provar que ele pode ser um bom rapaz e não apenas um vilão, Ralph escapa de seu jogo através do cabo de alimentação e parte para Missão de Herói, um jogo de tiro de pistola de luz, onde ele ajuda a heroína do jogo, a Sargento Calhoun, na batalha contra "Insetrônicos", invasores alienígenas do jogo.

Mais tarde, ele entra em Corrida Doce, um jogo de corrida de kart em trilhas feitas de doces, biscoitos e outros doces. Lá, Ralph conhece Vanellope von Schweetz, que aparentemente é um bug do programa, e tem o sonho de correr e vencer uma corrida. No entanto o seu jogo se depara com uma terrível ameaça que pode afetar todos os jogos, e que Ralph pode inadvertidamente ter começado.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Voz original Estados Unidos[3] Dobrador Portugal[4] Dublador Brasil[5]
Detona Ralph John C. Reilly Pedro Laginha Tiago Abravanel
Vanellope von Schweetz Sarah Silverman Carla Garcia Marimoon
Conserta Felix Jr. Jack McBrayer Alexandre Carvalho Rafael Cortez
Sargento Calhoun Jane Lynch Ana Vieira Lúcia Helena
Rei Doce / Turbo Alan Tudyk José Raposo Marcelo Pissardini
Bill Azedo Rich Moore António Almeida Tatá Guarnieri
Taffyta Caramelo Mindy Kaling Luísa Salgueiro Bianca Alencar
Markowski Joe Lo Truglio Paulo Oom Hermes Baroli
Sr. Litwak Ed O'Neill Marco Ribeiro Luiz Carlos de Moraes
General Holograma Dennis Haysbert Augusto Seabra Nestor Chiesse
Mary Edie McClurg Fernanda Fernandes Rosely Gonçalves
Gene Raymond S. Persi Carlos Freixo Luiz Laffey
Deanna Rachael Harris Adriana Torres Rosely Gonçalves
Roy Skylar Astin Mauro Ramos Hélio Vaccari
Wynnchel Adam Carolla Fábio Moura
Clyde Kevin Deters Mauro Ramos César Marchetti
Zumbi Raymond S. Persi Tatá Guarnieri
Zangief Rich Moore Marco Antônio Abreu
M. Bison Gerald C. Rivers Guilherme Lopes
Ken Masters Reuben Langdon Felipe Grinnan
Ryu Kyle Heber Alexandre Marconatto
Sonic Roger Craig Smith André Raimundo Fábio Lucindo
Garota Stefanie Scott Fernanda Bullara
Rancis Jamie Elman Guilherme Briggs (normal)/Mauro Ramos (mean)
Velusca Katie Lowes Sonia de Moraes
Crumbelina Cymbre Walk Sonia de Moraes

Participações especiais de videogames e referências[editar | editar código-fonte]

Reunião dos "vilões anônimos" com vários antagonistas bastantes conhecidos em jogos de vídeo, como Bowser e Dr. Eggman.

Wreck-It Ralph contém uma série referências aos jogos de vídeo. Na reunião dos vilões anônimos, inclui os personagens já citados acima, além de outros que não tem fala, como: Bowser de Super Mario Bros.,[6] Doutor Eggman de Sonic the Hedgehog,[7] [8] e Neff de Altered Beast.[9]

Personagens de Q*bert, incluindo Q*bert, Coily, Slick, Sam e Ugg, são mostrados como personagens "sem-teto" e mais tarde levado por Ralph e Felix para seu jogo. Q * Bert também fala com Félix em um ponto sintetizado palavra em balões com símbolos de seu jogo.[10] Cena dos jogos dos fliperamas que estão na casa de jogos, mostra Chun-Li, Cammy e Blanka de Street Fighter,[11] Pac-Man, Blinky, Pinky e Inky de Pac-Man,[12] o Paperboy de Paperboy,[13] paletas ea esferas de Pong,[14] Dig Dug, um Pooka, e um Fygar de Dig Dug,[14] Sapo de Frogger e Pedro Pimenta de BurgerTime.[15] Além disso, Lara Croft e Mario são mencionados em referência.[16] [17]

Referências adicionais são baseados em piadas visuais. O "Cyborg" creditado nos créditos é baseado em Kano do Mortal Kombat e executa um de seus famosos golpeis em um zumbi. Os moradores de Niceland são animados usando um movimento espasmódico que satiriza os ciclos de animação limitadas dos personagens de muitos jogos de oito e 16 bits.[18] Quando Rei Doce vai à área da programação ele usa um controle típico dos videogames da Nintendo. A senha que ele utiliza é o mesmo código usado pela fabricante Konami em vários de seus jogos.[19] Ao longo da Estação Central de Jogos é possível visualizar um graffiti na parede: "Aerith lives", que é uma referência ao personagem de Aerith Gainsborough de Final Fantasy VII.[13] [20] "All your base are belong to us" ("Todas as suas bases, pertencem a nós" em tradução literal) é uma frase em Engrish popularizada a partir do jogo Zero Wing e Jenkins, uma homenagem ao popular Leeroy Jenkins meme de World of Warcraft.[21] Há também uma referência à série Metal Gear, quando Ralph está à procura de algo em uma caixa e encontra o "ponto de exclamação" (com o efeito de som igual ao do jogo), e um Super Mushroom de Super Mario Bros.[18] Sr. Litwak veste camisa do árbitro com listras em preto e branco, uma homenagem ao icônico traje de Twin Galaxies fundador da Walter Day.[18] Uma das músicas nos créditos é um trabalho original de Jerry Buckner e Garcia Gary, anteriormente famosos por escrever canções temáticas de vídeo-games da década de 1980.[18] O logotipo da Walt Disney Pictures que é mostrado no encerramento aparece em glitched, uma referência para tela de muitos jogos kill screen antigos, como Pac-Man.[21]

O produtor musical Skrillex, além de compor uma das músicas do filme, também faz uma aparição como DJ na festa de aniversário de 30 anos do jogo Conserta Felix Jr.

Produção[editar | editar código-fonte]

Desde os anos 1980 a Walt Disney Pictures analisava a possibilidade de fazer um filme de animação envolvendo o universo dos videogames. Na época o projeto era chamado de High Score e, durante os anos 1990, foi renomeado para Joe Jump, então em meados da década de 2000 como Reboot Ralph.[22] [23]

John Lasseter, chefe da Walt Disney Animation Studios e produtor executivo do filme, descreve Wreck-It Ralph como "um cara mau de video-game de 8-bits que viaja para provar que ele é uma boa pessoa".[10] De maneira semelhante ao Who Framed Roger Rabbit e os filmes de Toy Story, Wreck-It Ralph contou com aparições de uma série de personagens licenciados de jogos de vídeo.[10] Por exemplo, uma cena do filme, mostra Ralph frequentando um grupo de apoio para vários personagens vilão, incluindo Clyde de Pac-Man, Doutor Eggman de Sonic the Hedgehog, e Bowser de Super Mario Bros.[10] Rich Moore, o diretor do filme, havia determinado que para um filme sobre o mundo dos jogos, para se sentir autêntico, "tinha que ter personagens de jogos reais".[9] Moore pretendia adicionar personagens licenciadas em uma maneira similar como referências culturais no curta Looney Tunes, mas considerando "ter um certo equilíbrio para que uma parcela do público não se sentir negligenciadas ou rebaixados".[24] No entanto, Moore evitou criar um filme que tem a história centrada em personagens já existentes, sentido que "não há tanta mitologia e bagagem anexada aos já existentes, que sinto que alguém poderia ficar decepcionado", e considera que este é um motivo pelo qual filmes baseados em franquias de jogos de vídeos tipicamente falham.[24]

Antes da produção, os personagens existentes foram adicionados à história em lugares que faria sentido eles aparecer, ou como participações especiais de uma lista de personagens sugeridos pela equipe de criação do filme, sem consideração se eles teria uma possível capacidade de aparecer no filme.[9] A companhia, então, procurou os titulares das permissões dos direitos autorais para usar os personagens; bem como trabalhar com essas empresas para garantir que seus personagens estavam sendo autenticamente representados.[9] No início do desenvolvimento do roteiro, os escritores tinham previsto uma reunião de "vilões anônimos", com participação de personagens importantes dentro da cena, como Bowser da Nintendo. De acordo com Moore, a empresa foi bastante positiva quando foi apresentado a proposta da utilização dos personagens no filme, e nas próprias palavras de Moore, Nintendo disse: "se há um grupo que se dedica a ajudar os personagens vilões de jogos de vídeo, Bowser com certeza deve estar nesse grupo!".[13] Nintendo pediu que os produtores tenta-se conceber uma cena apropriada para Mario, pra sua inclusão no filme. Apesar de saber que eles seria capazes de usar o personagem, os produtores não poderiam encontrar uma ambiente adequado que permitiria Mario ser um personagem importante, sem tirar o foco da história principal, então foi decidido não incluir o personagem.[13] [25] [26] Moore desmascarou um boato de que o personagem Mario e seu irmão Luigi não foram incluídos no filme, devido a Nintendo ter solicitado uma taxa muito alta de licenciamento, afirmando que o boato surgiu de uma brincadeira feita na Comic-Con por John C. Reilly.[9]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O filme foi originalmente programado para ter lançamento nos cinemas norte-americanos em 22 de março de 2013, mas mais tarde foi alterado para 2 de novembro de 2012, devido ao fato de estar à frente do cronograma e também porque o filme da DreamWorks Animation, Os Croods poderia ser uma forte concorrência.[27] [28] O lançamento foi acompanhado pelo vencedor do Oscar, Paperman, um curta-metragem de animação da Disney.[29] [30]

Marketing[editar | editar código-fonte]

O primeiro trailer de Wreck-It Ralph foi lançado em 6 de junho de 2012, estreando com Madagascar 3: Europe's Most Wanted e Rock of Ages.[31] Isso também coincidiu com a Electronic Entertainment Expo 2012, que a Disney decidiu colocar um fliperama envelhecido com o jogo Conserta Félix Jr. em exibição no salão de exposição.[32] A Disney também lançou em flash, para ser executado num navegador, um jogo baseado no filme, chamado Conserta Felix Jr., bem como versões para iOS e Android, e também com versões online baseada em outros jogos que aparecem no decorrer do filme.[32] Um segundo trailer para o filme foi lançado em 12 de setembro de 2012, coincidindo com o Finding Nemo 3D e Frankenweenie.

Mídia caseira[editar | editar código-fonte]

Wreck-It Ralph foi lançado em Blu-ray (2D e 3D) e DVD na América do Norte em 05 de marco de 2013 pela Walt Disney Studios Home Entertainment. O filme foi disponibilizado para download digital em regiões selecionadas em 12 de fevereiro de 2013.[33] Wreck-It Ralph estreou em Blu-ray e DVD em boas posições no ranking de vendas nos Estados Unidos.[34]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

Wreck-It Ralph recebeu críticas geralmente positivas dos críticos especializados. O site Rotten Tomatoes reporta que 86% dos críticos deram uma resenha positiva ao filme, baseando em uma amostra de 163 resenhas, com uma nota média de 7,4/10. O consenso do site diz: "Divertido igualmente para crianças, adolescentes e adultos, com idade suficiente para entender as referências. Wreck-It Ralph é uma aventura inteligente, colorida, construída sobre temas familiares e nostalgicamente alegre".[35] No agregador Metacritic, que atribui uma avaliação normalizada em 100, calculou uma pontuação média de 72, baseada em 36 avaliações, indicando "geralmente favoráveis".[36] O filme ganhou um nota "A" do público, em pesquisa realizada pela CinemaScore.[37]

Roger Ebert do Chicago Sun-Times deu ao filme 3 de 4 estrelas e escreveu: "Mais do que a maioria dos filmes de animação, a direção de arte e a paleta de cores de Wreck-It Ralph permitem cenários, figurinos e regras infinitas, o que confere ao filme uma originalidade atemporal".[38] A.O. Scott do The New York Times relatou que "o filme convida a um certo olhar cínico, que ele acaba deixando de lado para adotar 93 minutos de cor, barulho, ingenuidade e diversão."[39] "O filme é a prova de que dá, sim, para desenvolver personagens, tramas paralelas e mundos fantásticos no cinema e ainda deixar o público com uma vontade de jogar, digo, ver mais", disse Marcelo Forlani do Omelete, que deu 4 de 5 estrelas para o filme.[40]

Peter Debruge de Variety disse: "com vários elementos para atrair tanto os garotos quanto as garotas, tanto os adultos quanto as crianças, a Disney tem um grande trunfo nas mãos com esta aventura brilhantemente concebida, e executada com grande beleza."[41] Justin Lowe de The Hollywood Reporter escreveu: "Os estúdios Disney claramente dedicaram muitos recursos e talentos a Wreck-It Ralph, recrutando um elenco excelente e usando vários estilos de narração, efeitos visuais e iluminação, para criar o estilo variado dos videogames".[42] Francisco Russo publicou no AdoroCinema sua critica e disse: "Com um roteiro bem amarrado, explorando o linguajar infantil – mas não infantilóide -, e uma animação de qualidade, o filme é uma pedida divertidíssima a todos aqueles que curtem ou já curtiram jogos eletrônicos. Em todos os casos pode-se ver a adaptação do tom de voz à personalidade do personagem, de forma a complementá-lo dentro da história como um todo. Muito bom".[43]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Wreck-It Ralph arrecadou US$ 189 milhões na América do Norte e US$ 267,4 milhões em outros países, incluindo R$ 42,7 milhões no Brasil e 654,8 mil em Portugal e Angola.[44] No total, o filme arrecadou US$ 471,2 milhões em todo o mundo, sendo a décima maior bilheteria entre os filme lançados em 2012, a quarta maior bilheteria entre filmes animados lançados em 2012 e a quinta maior bilheteria de filmes produzidos pela Walt Disney Animation Studios (atrás apenas de Frozen , The Lion King, Tangled e Aladdin).

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Situação
2013 Nickelodeon Kids' Choice Awards Filme de Animação Favorito Ganhou
Academy Awards Melhor filme de animação Indicado
Annie Awards Melhor diretor de Longa Ganhou
Melhor Longa Metragem Ganhou

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Thomas Newman havia sido contratado para desenvolver a trilha sonora de Wreck-It Ralph, mas acabou substituído por Henry Jackman.[25] O grupo de ídolos japonês AKB48 canta o tema de encerramento, intitulado "Sugar Rush", para todas as versões mundiais do filme.[45] [46] [47]

Wreck-It Ralph
Trilha sonora de Henry Jackman
Lançamento Estados Unidos 30 de outubro de 2012 (2012-10-30)
Duração 75:03
(apenas no Brasil)
Idioma(s) Inglês
Formato(s) CD
Gravadora(s) Walt Disney Records

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Artista Duração
1. "When Can I See You Again?"   Owl City 3:38
2. "Wreck-It, Wreck-It Ralph"   Buckner & Garcia 2:59
3. "Celebration"   Kool & the Gang 3:40
4. "Sugar Rush"   AKB48 3:14
5. "Bug Hunt (Noisia Remix)"   Skrillex 7:04
6. "Shut Up and Drive"   Rihanna 3:32
7. "Wreck-It Ralph"     1:33
8. "Life in the Arcade"     0:43
9. "Jumping Ship"     1:06
10. "Rocket Fiasco"     5:48
11. "Vanellope von Schweetz"     2:57
12. "Royal Raceway"     3:23
13. "Cupcake Breakout"     1:12
14. "Candy Vandals"     1:39
15. "Turbo Flashback"     1:42
16. "Laffy Taffies"     1:35
17. "One Minute to Win It"     1:17
18. "Vanellope's Hideout"     2:33
19. "Messing with the Program"     1:20
20. "King Candy"     2:11
21. "Broken-Karted"     2:49
22. "Out of the Penthouse, Off to the Race"     2:51
23. "Sugar Rush Showdown"     4:15
24. "You're My Hero"     4:16
25. "Arcade Finale"     3:19
Duração total:
75:03

Sequência[editar | editar código-fonte]

Em uma entrevista em 25 de outubro de 2012, o diretor Rich Moore disse que ele e a Disney têm ideias sobre uma possível sequência que iria trazer os personagens até o momento e explorar jogos online e outros de console.[48] Moore afirmou que muitos da tripulação e elenco de voz estão dispostos a voltar para a sequência, e disse que "mal arranhamos a superfície" do mundo dos videogames. Também foi divulgado que na sequência, será incluído o personagem Mario, que terá uma participação especial, um pouco longa.[49]

Referências

  1. a b Wreck-It Ralph (2012). Box Office Mojo. Página visitada em 30 de outubro de 2013.
  2. Jessica Derschowitz (30 de outubro de 2012). "Wreck-It Ralph" premiere brings out stars (em inglês). CBS News. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  3. Francisco Russo. Detona Ralph : Elenco, atores, equipe técnica. AdoroCinema. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  4. Força Ralph - Elenco da dobragem nacional. Disney Portugal (1 de novembro de 2012). Página visitada em 5 de abril de 2013.
  5. Reuters (03/01/2013). Estreia: 'Detona Ralph' é animação nostálgica inspirada em videogame. Portal G1.
  6. Eric Eisenberg (21 de agosto de 2011). Wreck-It Ralph Footage From D23 Features 8-Bit Action, Plenty Of Cameos (em inglês). CinemaBlend.com. Página visitada em 5 de abril de 2013. Cópia arquivada em 29 de dezembro de 2012.
  7. Frye, Jim (Spring 2012). "Ralph's Wrecking Crew". Disney twenty-three (Disney Enterprises) 4 (1): 43.
  8. Anthony Breznican (25 de abril de 2012). CinemaCon 2012: Classic video game characters to cameo in Disney's 'Wreck-It Ralph' (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  9. a b c d e Jesse Schedeen (8 de junho de 2012). The Familiar Faces of Wreck-It Ralph (em inglês). IGN. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  10. a b c d Anthony Breznican (20 de agosto de 2011). Disney's D23: Secret lives of video game characters revealed in 'Wreck-It Ralph' -- FIRST LOOK (em inglês). Entertainment Weekly. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  11. Brendon Connelly (5 de junho de 2012). Chun-Li, Q-Bert And Plenty Of Video Game Gags In Superb New Image From Wreck-It Ralph (em inglês). BleedingCool.com. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  12. Hollander Cooper, Henry Gilbert (19 de outubro de 2012). Wreck-it Ralph - 9 amazing things you couldn't possibly know about the movie (em inglês). GamesRadar. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  13. a b c d Kyle Hilliard (11 de fevereiro de 2013). Wreck-It Ralph's Director Answers Our Questions (em inglês). Game iNformer. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  14. a b Matt Patches (5 de novembro de 2012). HOW 'WRECK-IT RALPH' UNLOCKED ITS UNBELIEVABLE CAST OF VIDEO GAME LEGENDS (em inglês). Hollywood. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  15. Vanh (14 de fevereiro de 2013). Video Game Characters Cameo Appearance in Wreck It Ralph (em inglês). Vendyxiao. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  16. Ben Pearson (30 de outubro de 2012). Video Interview: 'Wreck-It Ralph' Director Rich Moore on Mario & More (em inglês). Página visitada em 5 de abril de 2013.
  17. 15 personagens de Games presentes em “Detona Ralph”. CineSplendor (4 de janeiro de 2013). Página visitada em 5 de abril de 2013.
  18. a b c d Kyle Orland (5 de novembro de 2012). From Zangief to Hero’s Duty: A gamer’s guide to Wreck-It Ralph. ArsTechnica. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  19. Tasha Robinson (1 de novembro de 2012). Wreck-It Ralph. AvClub. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  20. Chris Kohler. Gaming In-Jokes Don’t Overpower Heartwarming Wreck-It Ralph. Wired. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  21. a b Kyle Orland (5 de novembro de 2012). From Zangief to Hero’s Duty: A gamer’s guide to Wreck-It Ralph. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  22. Nathan Rose (38 de outubro de 2012). Disney's Wreck-It Ralph, Sunday, October 28, 2012. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  23. Jim Hill (19 de fevereiro de 2013). Rich Moore Looks Back at the Roads Not Taken With Disney's Wreck-It Ralph. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  24. a b Billy Langsworthy (8 de fevereiro de 2013). Wreck-It Ralph director talks bringing games to film. MCV. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  25. a b Francisco Russo. Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "Detona Ralph". AdoroCinema. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  26. Sam Ashurst (17 de setembro de 2012). Wreck-It Ralph's Skrillex cameo revealed. Total Film. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  27. Brian Gallagher (4 de abril de 2011). Monsters University Pushed to 2013. MovieWeb. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  28. Scott Collura (2 de setembro de 2011). Wreck-It Ralph Screenshots. IGN. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  29. Oliver Gettell (24 de fevereiro de 2013). Oscars 2013: 'Paperman' wins animated short prize. Los Angeles Times. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  30. Amid Amidi (25 de abril de 2012). The Poster for Disney’s “Paperman”. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  31. Disney Amination (25 de maio de 2012). Spread the word: The first trailer for Wreck-It Ralph will debut June 6.. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  32. a b Debabrata Nath (12 de dezembro de 2012). Wreck-It Ralph gets official game. VG24/7. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  33. Richard Lawler (4 de janeiro de 2013). Disney announces Wreck-It Ralph will arrive for download before DVD, Blu-ray. Engadget. Página visitada em 5 de abril de 2013.
  34. 'Wreck-It Ralph' wrecks 'Breaking Dawn Part 2's' DVD reign. Los Angeles Times (18 de março de 2013). Página visitada em 5 de abril de 2013.
  35. Flixster. Wreck-it Ralph (2012). Rotten Tomatoes. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  36. Wreck-It Ralph - Walt Disney Studios Motion Pictures. Metacritic. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  37. Alonso Duralde. 'Wreck-It Ralph' Review: Arcade-Generation 'Roger Rabbit' Is Worth Every Quarter. TheWrap. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  38. Roger Ebert (31 de outubro de 2012). Wreck-it Ralph. Chicago Sun-Times. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  39. A.O. Scott (1 de novembro de 2012). Bad-Guy Avatar Seeks Midlife Career Change - ‘Wreck-It Ralph,’ With John C. Reilly and Sarah Silverman. The New York Times. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  40. Marcelo Forlani (4 de janeiro de 2013). Detona Ralph - Crítica: A prova final de que a venda da Pixar para a Disney foi ótima. [[Omelete (site)|]]. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  41. Peter Debruge (26 de outubro de 2012). Wreck-It Ralph. Variety. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  42. Justin Lowe (25 de outubro de 2012). Wreck-It Ralph: Film Review. The Hollywood Reporter. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  43. Francisco Russo (5 de janeiro de 2013). Critica AdoroCinema do filme "Detona Ralph". AdoroCinema. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  44. Wreck-It Ralph. Box Office Mojo. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  45. AKB48、全世界挿入歌「Sugar Rush」初披露 -映画『シュガー・ラッシュ』 (em japanese). Mynavy News (2012-10-31). Página visitada em 2012-11-08.
  46. AKB48、ディズニー映画曲「Sugar Rush」で世界デビュー (em japanese). Natalie (2012-10-31). Página visitada em 2012-11-12.
  47. Walt Disney Records. "Walt Disney Animation Studios' "Wreck-It Ralph" Scores Big with Composer Henry Jackman, Plus Original Music from Skrillex, AKB48, Owl City and Buckner & Garcia", 2012-09-13. Página visitada em 2012-11-12.
  48. Natália Bridi (2 de março de 2013). Detona Ralph - Diretor comenta a possível trama da sequência. Omelete. Página visitada em 8 de abril de 2013.
  49. Natália Bridi (7 de dezembro de 2012). Detona Ralph 2 - Sequência terá participação de Mario. Omelete. Página visitada em 8 de abril de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]