Nintendo 3DS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Nintendo 3DS
Nintendo 3DS logo.png
Um Nintendo 3DS azul aberto
Fabricante Nintendo
Tipo Console portátil
Geração 8ª geração
Lançamento
Mídia Cartuchos de Nintendo 3DS, DSi e DS
CPU Nintendo 1048 0H ARM CPU
Memória 128MB FCRAM
Gráficos Digital Media Professionals (DMP) Pica200 GPU [5]
Conectividade Wi-Fi 2,4 GHz, infravermelho[6]
Retrocompa-
tibilidade
Nintendo DS, DSi[7] [8]
Antecessor Nintendo DSi XL
Sucessor Nintendo 3DS XL (redesign)
Nintendo 2DS (redesign)

O Nintendo 3DS (ニンテンドー3DS, Nintendō Surī Dī Esu?)[7] é um console portátil produzido pela Nintendo e lançado em 2011, sucessor do Nintendo DS. Tem a capacidade de produzir imagens em três dimensões sem óculos especiais e é compatível com títulos dos antecessores Nintendo DS e DSi.[9] [10] O portátil tem um direcional analógico localizado acima do direcional digital e tela superior de 3,5 polegadas com resolução de 800x240 píxeis em modo normal e 400x240 com o 3D ativado e tela inferior com a resolução igual à do DSI, além de um acelerômetro e um giroscópio. Os primeiros detalhes foram revelados durante a Electronic Entertainment Expo de junho de 2010.[8] Tanto no Brasil como em Portugal, foi o primeiro console da empresa a ser integralmente traduzido ao português local.[11] [12]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O Nintendo 3DS foi oficialmente anunciado em 23 de março de 2010.[13] Nessa data, a Nintendo apenas divulgou que esse seria o real sucessor do Nintendo DS e que mostraria imagens em 3D sem a necessidade de óculos especiais. Foi durante a E3 de 2010 que a Nintendo divulgou as primeiras imagens do aparelho. As pessoas presentes puderam testar demonstrações do console.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

No Japão, foi lançado em 26 de fevereiro de 2011, esgotando os estoques logo no primeiro dia.[1] Nos países europeus, começou a ser comercializado em 25 de março,[2] dois dias antes do lançamento norte-americano,[3] seguido pela Austrália, no dia 31.[14] O portátil é distribuído oficialmente no Brasil desde 9 de julho de 2011 pelo preço de R$ R$ 799,00.[4] [15] O console apareceu no país duas semanas antes do lançamento estadunidense na feira Gameworld[16] e já foi homologado pela Anatel.[17]

Embaixadores[editar | editar código-fonte]

Após baixos índices de venda, a Nintendo cortou o preço do portátil em mais de 30 % em 12 de agosto, menos de seis meses depois do lançamento. Para compensar os que já o haviam comprado, contudo, foram-lhes oferecidos por download dez jogos de NES, disponíveis antes do público geral, em 31 de agosto,[18] e outros dez de Game Boy Advance, exclusivos aos ditos "embaixadores" e que puderam ser baixados a partir de 16 de dezembro de 2011.[19] [20]

Comparação[editar | editar código-fonte]

O quadro a seguir mostra diferenças de tamanho e preço entre o Nintendo DS, o Nintendo DS Lite, o Nintendo DSi, o Nintendo DSi XL e o Nintendo 3DS.

Nintendo DS Nintendo DS Lite Nintendo DSi Nintendo DSi XL Nintendo 3DS
Comprimento 148,7 mm 133 mm 137 mm 161 mm 134 mm
Espessura 28,9 mm 21,5 mm 19 mm 21,2 mm 21 mm
Largura 84,7 mm 73,9 mm 75 mm 91,4 mm 74 mm
Peso 275 g 218 g 214 g 314 g 230 g
Preço N/D* R$ 399,50* R$ 459,00 R$ 499,00 R$ 600,00

* O Nintendo DS original[21] foi retirado do mercado.

No Brasil, oficialmente o Nintendo 3DS está à venda atualmente pelo preço de R$550,00 a 750,00(com a garantia oficial da Nintendo por 1 ano, caso contrario, pode sair mais barato).[22]

Tecnologia[editar | editar código-fonte]

O Nintendo 3DS usa uma tela com tecnologia que permite ver imagens em 3D sem óculos, que envia duas imagens com ângulos ligeiramente diferentes para cada olho, causando um efeito chamado auto estereoscopia. Esse efeito ocorre quando enxergamos duas imagens idênticas ligeiramente deslocadas, porem em pontos estratégicos. Ao juntar essas duas imagens, o cérebro forma uma terceira imagem, a qual nos dará a sensação de tridimensionalidade. O efeito 3D gerado será de profundidade e de tridimensionalidade para fora da tela. O princípio do 3D do console da Nintendo está justamente na visão estereoscópica que ocorre com o efeito de paralaxe, que é uma forma de enganar o cérebro utilizando objetos de tamanhos diferentes e com velocidades diferentes para criar um aspecto de profundidade. O uso 3D do portátil não é recomendado para crianças menores de 7 anos por atrapalhar o desenvolvimento da retina[23] , porém o uso da funcionalidade de controle dos pais permite o bloqueio do 3D. Além disso, o portátil conta com um controlador da intensidade de 3D, que permite aumentar ou diminuir o grau de efeito 3D até deixá-lo nulo, em 2D.[24]

O console também possui um botão direcional deslizante que permite navegar, de forma confortável, para frente, trás, direita, esquerda e qualquer diagonal. Também inclui um acelerômetro e um giroscópio que permitem detectar movimentos do portátil.

Apesar de parecer simples é bem complexa, por isso não é tão comum vermos tecnologias usando essa mesma ideia.[25]

Outros Modelos[editar | editar código-fonte]

Nintendo 3DS[editar | editar código-fonte]

O Nintendo_3DS foi lançado em 28 de julho de 2012. Ele é um redesign com tela maior e todas as funcionalidades do original.

Nintendo 2DS[editar | editar código-fonte]

O Nintendo_2DS é o redesign do Nintendo 3DS com hardware mais barato e resistente. Foi lançado em 12 de Outubro de 2013. É mais barato que o 3DS original e não possui 3D por Estereoscopia

Aplicativos inclusos[editar | editar código-fonte]

O console traz incluídos alguns aplicativos:[26]

  • Menu HOME:[27] [28] é o menu principal que permite navegar entre os aplicativos.
  • Nintendo 3DS Camera (Câmera Nintendo 3DS no Brasil[28] e Câmara Nintendo 3DS em Portugal[29] ): permite capturar fotos em 3D caso use as câmeras de trás ou em 2D caso use a câmera frontal. É possível desenhar e adicionar diversos efeitos especiais nas fotos. Ambas câmeras possuerm 3 Megapixels
  • Nintendo 3DS Sound (Som Nintendo 3DS[28] [30] ): grave sons por até 10 segundos ou escute músicas com o aplicativo. É possível adicionar novos efeitos especiais além dos existentes no DSi Sound.
  • Mii Maker (Criador Mii no Brasil[28] e Editor Mii em Portugal[31] ): é possível criar e editar Miis para utilizá-los em jogos. É possível transferi-los do Mii Channel. Ao capturar uma foto de uma pessoa com o 3DS, o Mii Maker criará automaticamente um Mii para ela.
  • StreetPass Mii Plaza (Praça Mii StreetPass[28] [32] ): quando um 3DS passa por outro por perto, sua nova função detecta o jogo favorito e seu Mii do 3DS que fora encontrado. Também é possível jogar jogos com os Miis capturados pela Praça Mii StreetPass, eles são:Troca peças onde é possível montar 15 quebra-cabeças de personagens e o Mii Resgate onde você usa um cachorro ou gato para derrotar fantasmas,salvar Mii e ganhar itens.
  • AR Games (Jogos RA: Realidade Aumentada em Portugal[33] ): usando os seis cartões de realidade aumentada inclusos com o console, é possível jogar minijogos com a câmera: Arqueiro,Sinuca, Paparazzi, Pesca,Mini Golf e Mii Stop-Motion
  • Face Raiders: capture uma foto de uma pessoa e atire em seu rosto que se transformará em um Face Raider aonde você estiver. Ele mudará a expressão facial da pessoa com apenas uma foto tirada.
  • Activity Log (Registro de atividade no Brasil[28] e Registo de Atividade em Portugal[34] ): conte seus passos carregando seu 3DS no bolso ou em sua bolsa. Veja também a quantidade de tempo gasta com cada jogo e a aplicativo.
  • Lista de amigos: utilize-a para registrar seus amigos e jogar com eles on-line caso os 3DSs estejam ligados. Futuramente, será possível mandar mensagens a eles e conversar.
  • Vídeos em 3D: com a primeira atualização do sistema, foi adicionado o vídeo White Knuckles, da banda OK Go,[35] removido com a segunda, de 6 de junho.[36] Em 21 de julho, foi lançado um aplicativo intitulado Nintendo Video, destinado à exibição de vídeos, clipes e trailers em 3D. Inicialmente, ele não funcionava no Brasil por problemas de licenciamento,[37] mas passou a estar disponível no país em 18 de agosto de 2011.

A partir da atualização do sistema de 6 de junho de 2011, apareceram outros recursos:[38]

  • Nintendo eShop: local para compra de jogos originais, do Virtual Console e do DSiWare, além de informações sobre títulos para 3DS.[39] No Brasil, são usados preços em reais.[40]
  • Navegador de internet[28] : habilita a navegação na internet com novas funções. Pode ser usado enquanto um aplicativo é suspenso.
  • Transferência de sistema: permite a transferência de aplicativos do Nintendo DSi para o 3DS por quantidade limitada.
  • MIIVerse: permite a comunicação com outras pessoas que usam o 3DS ou WII U
  • Identificação do Nintendo Network:que permite você criar uma conta da Nintendo network e compartilhar créditos com o WII U você precisa ter uma para baixar demos de jogos grátis.
  • Visualizador de Nintendo zone: transfere eventos e outras coisas para o 3DS quando você esta em uma área que tem Nintendo zone.

A Nintendo confirma para 8 de dezembro de 2011 a inclusão de novas funcionalidades para o console:[41]

  • Gravação de Vídeos em 3D: Além da câmera para fotos em três dimensões, o console também fará filmes em 3D de até dez minutos com opção em stop-motion.
  • Novos quebra-cabeças: A Praça Mii Street Pass terá novos jogos e funcionalidades, visando o modo de rede SpotPass. Os jogadores terão mais opções de interação em conjunto.
  • Extras: O jogo "Resgate Mii" terá uma fase nova, situada numa masmorra.
  • Adições à SpotPass: A atualização de novembro permitirá o download de vídeos, notificações, extras e atualizações de sistema sem que o proprietário do console precise apertar um botão sequer. Os jogadores da Europa poderão receber vídeos da Aardman e de outras produtoras. Não há previsão para a inserção dos serviços para os usuários do Brasil.
  • Troca-Cartas: Este novo serviço permitirá ao usuário trocar mensagens com outros proprietários do 3DS através do StreetPass e do SpotPass, podendo personalizar as mensagens com fotos,desenhos e gravações de voz. A inovação veio em Dezembro de 2012, gratuitamente, segundo a própria Nintendo.
  • Tranferência de sistema: depois de permitir a transferência de um DSi para um 3DS,agora é a vez do próprio 3DS transferir um sistema para um outro 3DS.

Lista de jogos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Filas marcam o lançamento do Nintendo 3DS no Japão. G1 (26 de fevereiro de 2011). Página visitada em 10 de abril de 2011.
  2. a b Nintendo 3DS é lançado na Europa e usuários experimentam realidade aumentada. O Globo (26 de março de 2011). Página visitada em 30 de abril de 2011.
  3. a b Portátil com imagens 3D, Nintendo 3DS é lançado nos Estados Unidos. G1 (27 de março de 2011). Página visitada em 30 de abril de 2011.
  4. a b Nintendo 3DS chega ao Brasil em 9 de julho por R$ 1,2 mil. G1 (8 de junho de 2011). Página visitada em 10 de junho de 2011.
  5. Yam, Marcus (22 de junho de 2010). DMP's Pica200 GPU is Behind Nintendo 3DS (em inglês). Tom's Guide. Página visitada em 12 de julho de 2010.
  6. Manual de instruções do Nintendo 3DS p. 14. Nintendo. Página visitada em 1º de julho de 2011.
  7. a b ニンテンドー3DS (em japonês). Nintendo (23 de março de 2010). Página visitada em 24 de março de 2010. Versão em inglês disponível.
  8. a b Nintendo anuncia o 3DS. Wii Brasil (23 de março de 2010). Página visitada em 24 de março de 2010.
  9. Hiroko Tabuchi (23 de março de 2010). Nintendo to Make 3D Version of Its DS Handheld Game (em inglês). The New York Times. Página visitada em 24 de março de 2010.
  10. Christian Nutt (23 de março de 2010). Nintendo Announces New Nintendo 3DS Portable System (em inglês). Gamasutra. Página visitada em 24 de março de 2010.
  11. Gustavo Petró (19 de janeiro de 2011). Nintendo 3DS chega aos EUA no dia 27 de março por US$ 250. G1. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  12. Ana Rita Guerra (21 de janeiro de 2011). 3DS. Nintendo lança a primeira consola em português. i. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  13. Sucessor do DS tem telas 3D e sai até março de 2011. UOL Jogos (23 de março de 2010). Página visitada em 30 de abril de 2011.
  14. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas lan.C3.A7_AU
  15. 3DS chega em julho ao Brasil pelo exorbitante preço de R$ 1,200. Gamerview (9 de junho de 2011). Página visitada em 10 de junho de 2011. "A Gaming do Brasil, representante da Nintendo no país, confirmou que o novo portátil 3D da grande nipônica será lançado oficialmente em solo brasileiro no dia 9 de julho. [...] O preço do 3DS nacional é de R$ 1,200. Sim, exatamente isso, praticamente o dobro de um 3DS americano importado e com todas as possíveis taxas alfandegárias incluídas. O portátil nos Estados Unidos custa US$ 250, o que me faz pensar na razão pela qual o mesmo produto, simplesmente por ser nacional, pode custar quase o triplo aqui. Estaria a Gaming do Brasil seguindo os passos da Sony na hora de criar seus preços? Pelo visto uma fonte bi-volt pode fazer toda a diferença."
  16. Nintendo 3DS poderá ser jogado na feira brasileira Gameworld. G1 (3 de março de 2011). Página visitada em 30 de abril de 2011.
  17. Nintendo 3DS é homologado pela Anatel. UOL Jogos (4 de março de 2011). Página visitada em 30 de abril de 2011.
  18. Nintendo antecipa distribuição gratuita de games para o 3DS. G1 (31 de agosto de 2011). Página visitada em 3 de setembro de 2011.
  19. Thales Nunes Moreira (28 de julho de 2011). Nintendo corta o preço do 3DS em 30%; primeiros compradores receberão jogos de NES e GBA gratuitamente. Wii Brasil. Página visitada em 3 de setembro de 2011.
  20. Rafael Monteiro (19 de dezembro de 2011). Jogos de GameBoy Advance para Embaixadores do 3DS já estão disponíveis nos Estados Unidos. TechTudo. Página visitada em 27 de dezembro de 2011.
  21. Alexander Sliwinski (25 de abril de 2011). GameStop no longer stocking Nintendo DS Lite (em inglês). Joystiq. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  22. Nintendo reduz o preço do 3DS no Brasil para R$ 800. G1 (12 de agosto de 2011). Página visitada em 13 de agosto de 2011.
  23. Dylan Duarte (18 de junho de 2010). 3DS Poses Hazard to Children Under Seven Years Old (em inglês). Ripten.
  24. Glenn M. (30 de dezembro de 2010). 3DS has 3D depth slider for young eyes (em inglês). QuickJump.
  25. Fabio Jordão (20 de agosto de 2010). Como funciona o efeito tridimensional do 3DS?. Baixaki.
  26. Gustavo Petró (22 de março de 2011). Nintendo 3DS aposta em games com imagem em 3D; veja impressões. G1. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  27. Menu HOME. Nintendo Portugal. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  28. a b c d e f g Softwares integrados. Nintendo. Página visitada em 1º de julho de 2011.
  29. Câmara Nintendo 3DS. Nintendo Portugal. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  30. Som Nintendo 3DS. Nintendo Portugal. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  31. Editor Mii. Nintendo Portugal. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  32. Praça Mii StreetPass. Nintendo Portugal.
  33. Jogos RA: Realidade Aumentada. Nintendo Portugal. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  34. Registo de Atividade. Nintendo Portugal. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  35. Atualização do Nintendo 3DS traz clipe da banda OK Go. UOL Jogos (24 de março de 2011). Página visitada em 30 de abril de 2011.
  36. Pedro Henrique Lutti Lippe (6 de junho de 2011). Atualização de firmware do 3DS será disponibilizada esta noite. Wii Brasil. Página visitada em 10 de junho de 2011.
  37. Pedro Henrique Lutti Lippe (22 de julho de 2011). Nintendo Video não está disponível no Brasil; entenda. Wii Brasil. Página visitada em 27 de julho de 2011.
  38. Pedro Henrique Lutti Lippe (12 de maio de 2011). Nintendo revela data da atualização de firmware do 3DS. Wii Brasil. Página visitada em 13 de maio de 2011.
  39. Nintendo eShop (em inglês). Nintendo. Página visitada em 30 de abril de 2011.
  40. No Brasil, preços do eShop do Nintendo 3DS serão exibidos em reais. UOL Jogos (21 de janeiro de 2011). Página visitada em 30 de abril de 2011.
  41. http://www.nintendo.pt/NOE/pt_PT/news/2011/novidades_para_a_nintendo_3ds_disponveis_no_incio_de_dezembro_46802.html

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]